2018/03/22

Netflix estreia... um novo tipo de letra


Os tipos de letra são algo que passa completamente despercebido à maioria das pessoas (com a excepção de quando se usa Comic Sans), mas não passa despercebido a quem tem que pagar por elas - motivo que levou a Netflix a criar o seu próprio tipo de letra Netflix Sans.

Embora existam muitos tipos de letra de uso gratuito, muitos deles continuam a exigir licenciamento para serem utilizados. No caso da Netflix, a sua utilização do tipo de letra Gotham era algo que já estava a custar vários milhões(!) de dólares por ano. Sim... por muito absurdo que possa parecer, a utilização de um tipo de letra pode estar associado a facturas de milhões... o que ajuda a perceber porque motivo muitas empresas têm criado os seus próprios tipos de letra: a Google tem o Roboto e o Product Sans; a Apple criou o San Francisco; a MS tem o Segoe; e a até a Samsung tem o SamsungOne.

Agora, também a Netflix se junta à lista, com o seu Netflix Sans, um tipo de letra que tenta ser "cinematográfico" mas também prático de utilizar para em todo o tipo de circunstâncias.



Embora seja o tipo de coisa sobre os quais os especialistas de tipografia certamente se debaterão com entusiasmo, para os "comuns mortais"... continuam a ser letras; letras que permitirão que permitirão à Netflix poupar alguns milhões por ano que poderão ser canalizados para a produção de (ainda mais) conteúdos.

... Só fico admirado é terem deixado chegar a este ponto: será que mesmo que a utilização do tipo de letra custasse "apenas" 100 mil dólares, ninguém se teria lembrado que seria melhor optar por um tipo de letra livre de custos - ou criar o seu, como agora aconteceu?

2 comentários:

  1. "... optar por um tipo de letra livre de custos .... "
    Pois, mas mas se for um tipo de letra gratuito mas muito elaborado, pode acontecer não ter o símbolo do € ou outro qualquer - o que obriga a comprar outra semelhante que tem esses símbolos (ou arranjar uma maneira de os acrescentar).

    A diferenciação da imagem gráfica passa por muita coisa - incluindo o tipo de letra. Quem quer uma letra quase exclusiva (já para não falar em exclusiva) paga e bem.

    ResponderEliminar
  2. São estas coisas que damos por garantido...nem nos lembramos de pensar nisto!
    Incrível

    ResponderEliminar

[pub]