2018/05/12

NASA quer levar um helicóptero para Marte


Depois dos pequenos rovers marcianos terem superado todas as expectativas, a NASA está já de olhos postos numa forma ainda mais ambiciosa de explorar o planeta vermelho: levando um helicóptero que poderia mapear uma vasta área de forma mais eficiente.

Ninguém pode negar os feitos incríveis conseguidos pelos pequenos rovers em Marte, que duraram muito para além do que era esperado, e esse sucesso leva a NASA a tentar algo ainda mais arriscado na missão a Marte planeada para 2020, onde irá testar um helicóptero autónomo que se tornará na primeira aeronave a voar na atmosfera marciana.

A NASA está consciente de que é uma proposta arriscada, e por isso este projecto é um "extra" que vai à boleia do rover principal da missão Mars 2020, mas que se for bem sucedida poderá revolucionar as missões de exploração futuras. Na última meia década a equipa responsável por este Mars Helicopter conseguir reduzir a aeronave ao tamanho de uma pequena bola e um peso de apenas 1.8Kg - e contendo toda a electrónica necessária para voar de forma completamente autónoma, já que seria impossível controlá-la remotamente a partir da Terra.

Depois do rover encontrar um terreno considerado seguro, irá pousar este helicóptero e afastar-se uma distância segura. Se todos os testes forem concluídos com sucesso, o helicóptero receberá as ordens para começar a voar. Ao longo de 30 dias o objectivo é fazer voos progressivamente mais longos, começando com uma simples elevação até 3 metros de altura e pairar por 30 segundos, e culminando num onde já se percorra uma centena de metros e com 90 segundos de duração (entre cada voo o helicóptero terá que aterrar por vários dias para recarregar as suas baterias).

O Mars Helicopter deverá chegar a Marte em Fevereiro de 2021, e esperemos que siga a tradição de sucessos dos seus congéneres que andam com as rodas no chão. :)


Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]