2018/05/28

Optivisão alicia recolha de dados com lentes personalizadas

Estão dispostos a ser monitorizados durante 10 dias para terem óculos feitos em função das vossas necessidades? É essa a proposta da Optivisão.


A Optivisão escolheu uma má altura para lançar o seu serviço "pioneiro" de criação de lentes personalizadas à medida de cada cliente. A proposta - atractiva - consiste na utilização de uma app da Optivisão que basicamente vai seguir atentamente o utilizador ao longo de 10 dias, e com isso criar um perfil do seu estilo de vida (quanto tempo passa no interior ou no exterior, em que horas, calculando níveis de exposição UV, mudanças de luz, etc.) e no final propor umas lentes "à medida".

Embora não falte a promessa de que todos os dados são devidamente processados com toda a segurança e apenas para o propósito de criar as lentes; não sei até que ponto muitas pessoas se sentirão confortáveis a utilizar uma app deste tipo. Por outro lado, servirá para sensibilizar que os seus smartphones, smartwatches, braceletes e outros dispositivos do género, podem fazer precisamente o mesmo...

Caberá a cada um decidir até que ponto é que se pode permitir a recolha destes dados e ser beneficiado por isso (neste caso, podendo ter uns óculos supostamente mais ajustados ao seu estilo de vida)... ou se nem por isso.




P.S. Os nossos especialistas em óptica poderão dizer de sua justiça se realmente todos estes dados recolhidos permitirão uma maior personalização das lentes... ou se isso poderia ser feito através de uma simples lista de 4 ou 5 perguntas que o cliente poderia responder com um sim / não.


Actualização: A Optivisão contactou-nos para esclarecer que estas novas lentes utilizam a tecnologia LentIQ da Shamir e que permitem uma maior personalização no fabrico das lentes em função das características pretendidas, podendo resultar em centenas de variantes possíveis.


Ainda assim, deixo a sugestão de que teria sido mais simples - para além da disponibilização da app - criar um formulário interactivo na web, onde cada cliente pudesse preencher manualmente os dados que são recolhidos e vendo imediatamente o efeito que teria nas lentes propostas. Por exemplo, fico com curiosidade em saber que diferença física haverá entre lentes de duas pessoas que tenham exactamente todos os dados idênticos, mas onde esteja sujeita a 4 "mudança de luz" por dia e outra a 6; ou entre quem passar 2 horas em caminhada por semana ou 4 horas...

4 comentários:

  1. A app foi "descompilada" ou foi sequer feita uma análise com o Burp para ver que dados são recolhidos e enviados pela aplicação, ou isto é apenas alarmismo sem fundamento?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Qual alarmismo? A app é feita com o propósito de recolher os dados; o utilizador está consciente de que é isso que a app vai fazer. Cabe a cada um decidir se isso se justifica ou não...

      Eliminar
  2. Eu recebi hoje um SMS da Tranquilidade que diz o seguinte: "Para protecção dos seus dados, necessitamos do seu consentimento em . Actualize os dados e habilite-se a um Autmovovel"

    ResponderEliminar
  3. AH , Ah, essa é boa, eu com a catrefada de emails que recebi é que percebi qual era a minha pega tecnológica, aproveitei para fazer uma limpeza, estou a espera que as alterações ao gmail que nos sugere o cancelamento de subscrições esteja disponível para Android, nessa área ainda vai ser maior a limpeza .

    ResponderEliminar

[pub]