2018/06/22

Monitores 2K com painéis 4K por falta de ecrãs


No mundo dos monitores está a assistir-se a uma situação curiosa e que poderá revelar-se uma surpresa desagradável para os consumidores, com alguns fabricantes a recorrerem a painéis de resolução 4K nos seus monitores QHD (2560x1440) por serem mais baratos e fáceis de encontrar.

O salto da indústria para os ecrãs 4K ocorreu de forma bastante mais rápida do que se imaginaria, e o resultado disso é que actualmente já é mais económico fabricar um painel LCD 4K do que um painel de 2560x1440, devido ao volume de produção de uns e outros. Isto tem levado alguns fabricantes de monitores a recorrerem à estranha opção de usar um painel 4K em monitores que supostamente deveriam ser de 2560x1440.

A medida até seria boa, se o fabricante desse acesso a essa resolução, mas infelizmente não é isso que acontece. O monitor está bloqueado à resolução máxima de 2560x1440, e o problema é que como estamos a falar de resoluções que não são múltiplas uma da outra, o resultado é que a imagem tem que ser interpolada e não ficará tão nítida quanto seria de esperar num ecrã com essa resolução nativa (efeito idêntico a tentarem usar uma resolução de 1600x900 num monitor Full HD, por exemplo).


Apresentar uma imagem de testes/calibração num destes monitores depressa revelará se a resolução nativa do monitor é de facto a que é anunciada (em vez de uma imagem nítida e detalhada com todos os pixeis visíveis, teremos uma imagem com as linhas e pixeis mais "desfocados").

... Seria bem mais simples e ético estes fabricantes simplesmente assumirem que não têm capacidade de produção para os monitores de 2560x1440 e promoverem a adopção dos monitores 4K a preços cada vez mais atractivos.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]