2018/06/17

Rebble dá nova vida aos Pebble


A morte anunciada dos serviços da Pebble no final deste mês poderá afinal ser prolongada através da utilização de um serviço alternativo - o Rebble - que está a ser criado por developers da Pebble que querem manter a funcionalidade destes smartwatches.

O tempo passa e neste momento até já custa relembrar o papel que a Pebble teve na promoção dos smartphones, tendo nascido de um projecto de crowdfunding, lançando várias gerações de smartwatches, e posteriormente acabando por ser comprada pela Fitbit no final de 2016 e anunciando que os serviços que mantêm os Pebble em funcionamento iriam ser encerrados no final de Junho de 2018.

A data aproxima-se, preocupando muitos utilizadores que ainda estão felizes com os seus Pebble; mas afinal poderá haver uma luz ao fundo do túnel, sob a forma do Rebble.

Embora os Pebble continuem a funcionar após o final deste mês e os utilizadores continuem a poder correr as apps que já têm instaladas, deixarão de ter a sua app store para instalar novas apps, o reconhecimento de voz deixará de trabalhar, assim como as respostas por email ou SMS, e praticamente todas as funcionalidades que dependam da ligação à internet. Coisas que a Rebble pretende substituir pelos seus próprios serviços, sendo que o aspecto mais crítico neste momento, para utilizadores e developers, é registarem-se no Rebble antes do final do mês, para que os seus dados possam ser migrados/associados ao novo serviço.

Não sei até que ponto haverá futuro num serviço destinado a manter uma linha de smartwatches descontinuada, que inevitavelmente irá tendo cada vez menos utilizadores... mas para quem não quiser abdicar dos seus Pebble, parece ser o único caminho disponível a partir do próximo mês.

1 comentário:

  1. Eu gostava de ter 1 , e não me importava de comprar , já andei a ver no Ebay , mas nenhuma das alternativas que se me afiguraram eram credíveis, infelizmente o Ebay está cheio de malfeitores.

    ResponderEliminar

[pub]