2018/07/04

Netflix testa mensalidade Ultra de €16.99


A Netflix parece não estar satisfeita com os aumentos graduais que tem praticado nos últimos anos, e agora está a considerar a criação de uma nova modalidade "Ultra" que eleva o preço para os 17 euros... para o mesmo serviço que agora está disponível por 14 euros.

Em Itália, a Netflix está a testar a criação de uma nova mensalidade, mais cara, para se juntar às actuais modalidades "Base", "Standard" e "Premium", que têm preços de €7.99, €10.99 e €13.99. Esta nova modalidade "Premium" terá um custo de €16.99, mas o que se revela mais problemático é que não trará qualquer vantagem face à actual modalidade Premium... muito pelo contrário.

Esta modalidade Ultra consiste exactamente no serviço Premium que actualmente tem um preço de 13.99 euros; e, para criar a diferenciação, a Netflix corta o acesso HDR nessa modalidade, que de momento tem acesso aos conteúdos 4K HDR.




Ou seja, se no "Base", "Standard" e "Premium" se tinha uma diferenciação que se poderia considerar aceitável, com acesso para apenas um equipamento no primeiro (e em baixa resolução), para dois equipamentos em HD no segundo, e para quatro dispositivos com acesso 4K HDR no terceiro; a ideia da Netflix é discriminar ainda mais estes patamares, aproveitando para cobrar ainda mais pelos conteúdos HDR.

Bem sabemos que a Netflix tem investido milhares de milhões em produções originais... mas há que estar consciente de que também há uma fina linha que separa uma legião de clientes que estejam satisfeitos com o serviço e aceitam pagar o preço pedido... de uma multidão de ex-clientes que considere que já estão a abusar...

Esperemos que este teste da modalidade Ultra seja um falhanço completo e que deixe as mensalidades estarem com estão: talvez por altura das emissões 8K se possa considerar a criação de esse tal "Ultra", mas sem que isso implique prejudicar os planos existentes.

9 comentários:

  1. nao sei é onde eles vao arranjar dinheiro para continuar a produção de
    serie originais

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Basta fazer contas... 125000000 de clientes, com cada um a pagar uma média de 11€...
      Dá muitos €€€, não dá?

      Eliminar
    2. com aumento de preços e queda de subscritores na...

      Eliminar
    3. Também podem lucrar com publicidade.

      Por exemplo, na série Punisher da netflix, há um momento descarado em que os filhos entram na cozinha e pedem sumo antes de irem para a cama. A mãe levanta-se, vai ao frigorifico, serve o sumo, os miudos bazam e a mãe fica em grande plano ao lado do pacote com o rótulo virado para a camera. :)

      Eliminar
  2. Em Pt não se vão safar com esses preços, eu ja acho 14€ caro para os conteudos que têm.

    ResponderEliminar
  3. Se esses preços forem aplicados, vou cancelar a subscrição , eu neste momento tenho a ultra HD e pagar 17 € é que nem pensar .

    ResponderEliminar
  4. Se tivessem uma boa oferta de filmes (séries e docs até que nem está mau) não me importava de pagar, mas assim não

    ResponderEliminar
  5. A Netflix já está a fazer dinheiro? Estou a perguntar porque muitos destes unicórnios tecnológicos estão simplesmente a queimar o dinheiro dos investidores na premissa de que se arranjarem uma base de clientes leal mais tarde conseguem tornar o negócio financeiramente sustentável.

    ResponderEliminar

[pub]