2018/08/08

Lâmpadas de halogéneo proibidas a partir de 1 de Setembro

Embora seja difícil imaginar que nesta fase alguém compre lâmpadas que não sejam LED, a campanha europeia contra as lâmpadas de halogéneo prossegue, agora com a proibição das lâmpadas de halogéneo não direccionais que entra em vigor a 1 de Setembro em Portugal.

Continuando o processo de descontinuação dos focos de halogéneo (ou GU10) iniciado em 2016 pela UE com o objectivo de reduzir as emissões de CO2, a fase seguinte que entra em vigor a 1 de Setembro incluirá a proibição das lâmpadas de halogéneo não direccionais, incluindo as lâmpadas convencionais em forma de pera ou vela.

Estas lâmpadas gastam cerca de 10 vezes mais energia que uma lâmpada LED, sendo usadas em 22.4% dos lares portugueses, com uma média de 7.6 lâmpadas por residência.


Não admira pois que empresas como a Signify (anteriormente Philips Lighting) estejam a reforçar a promoção das suas ofertas LED, como as lâmpadas Philips LED SceneSwitch, que oferece três opções de regulação da tonalidade de cor da lâmpada sem necessidade de um regulador especial.

A selecção da tonalidade é feita a partir de um interruptor ou comutador tradicional, ficando a última afinação memorizada na lâmpada para que mantenha a tonalidade da próxima vez que for ligada. O que é simpático para uma lâmpada que custa apenas 9,99 euros.

... Por outro lado, não nos podemos esquecer que embora as Philips Hue permaneçam caras, não falta um número crescente de lâmpadas inteligentes a preços cada vez mais reduzidos, que também se podem tornar interessantes para quem desejar automatizar a iluminação de sua casa.

12 comentários:

  1. Tudo certo, de facto (lâmpadas LED precisam de pouca potência para iluminar o mesmo). Acontece é que as lâmpadas de halogéneo são muito melhores para a nossa saúde ocular: https://articles.mercola.com/sites/articles/archive/2016/10/23/near-infrared-led-lighting.aspx

    E a Comissão Europeia proíbe?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. https://en.m.wikipedia.org/wiki/Joseph_Mercola

      Eliminar
    2. Esse é o autor do artigo. Alexander Wunsch, que é quem dá a entrevista para a qual o artigo remete, é o nome a pesquisar.

      Se criticasses o método científico seguido e a aproximação entre espetros, eu compreendia. Dessa forma não percebo. Pese embora não seja o único estudioso que chega a estas conclusões, é dos físicos mais reputados na área.

      Eliminar
    3. O Mercola é um charlatão que ganha a vida a meter medo às pessoas com pseudociência e teorias da conspiração, lucra com as visitas ao site e com a venda de produtos que supostamente nos protegem de todos esses "perigos". O Pedro pode acreditar no que quiser mas aconselho cuidado com as informações desse sítio. E o mesmo para o site "Natural News" que é uma espécie de irmão gémeo. Cumprimentos.

      Eliminar
    4. Verifiquem as vossas fontes antes de espalharem artigos sensacionalistas...

      Eliminar
    5. Admito que não devia ter usado o artigo. Isso é ponto assente. É como citar um artigo do Correio da Manhã. Devia ter recorrido a outro link. Mas não invalida o ponto e o trabalho do dr. Alexander Wunsch e de outros cientistas que estudam esta problemática com artigos científicos publicados acerca do assunto.

      Eliminar
  2. Eu tenho tudo LED em casa. E muitas ate já são filamento COB com 2700K que é o mais parecido com luz das incandescentes. Há por aí muita LED de suposta luz quente com 3500K, que acaba por ser mais branca do que amarela.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exacto, melhor do que "generalizar" que as lampadas LED são "más", melhor seria educar e esclarecer que há lampadas LED más e boas...
      Eu já tive uma LED que substitui por ter uma luz "estranha"... mas foi apenas 1 no meio de quase 1 centena de lampadas LED que já me passaram pelas mãos (incluindo lampadas LED "low-cost").

      Eliminar
  3. "Ah e tal, luz LED quente e fria ..."
    Recomendo: https://www.gearbest.com/table-lamps/pp_363779.html?wid=1433363

    Tem regulação contínua da temperatura da cor e da intensidade da luz e tem um design impec. (Às vezes está mais barato).

    ResponderEliminar
  4. Que esses senhores da U.E. vão para a puta que os pariu! Na minha casa mano eu!!

    ResponderEliminar

[pub]