2018/09/13

Windows 10 vai enviar ficheiros pouco utilizados para a cloud


A próxima grande actualização do Windows 10 vai dizer adeus à ferramenta Disk Cleanup para libertar espaço em disco, substituindo-a pelo novo Storage Sense que é capaz de enviar ficheiros não essenciais para a cloud.

A ferramenta de limpeza do disco é uma velha conhecida dos utilizadores Windows que se deparam com espaço reduzido no disco do seu computador, muitas vezes permitindo recuperar gigabytes que estão a ser ocupados desnecessariamente por ficheiros temporários, relatórios de erro, e outros que permanecem após actualizações do sistema. Mas esse processo vai ser modernizado com assistência da cloud na próxima actualização do Windows 10.


Desde o ano passado que o Windows 10 conta com o sistema de atalhos para conteúdos no OneDrive, que permitem libertar espaço local mas manter a aparência (e funcionalidade) de que o ficheiro permanece no disco. Apenas quando se tenta aceder a um desses ficheiros é que o mesmo é descarregado da cloud, a não ser que se indique expressamente que se trata de um ficheiro que queremos manter permanentemente no disco.

Na próxima actualização, o Storage Sense irá contar com funcionalidades acrescidas, que expandirá a aplicação deste sistema aos ficheiros que actualmente são "limpos" pela ferramenta de limpeza de disco, tratando de enviar esses mesmo registos de erros e de sistema, ficheiros temporários e outros, para a cloud para que não ocupem espaço localmente. Desta forma a MS diz que o "Disk Cleanup" deixa de ser necessário... mas parece-me que apenas o será se continuar a haver uma opção que permita eliminá-los (para que não ocupem espaço na cloud desnecessariamente).

Esperemos também que estas poupanças do espaço se possam aplicar igualmente aos muitos gigabytes que o Windows 10 ocupa... :P

1 comentário:

[pub]