2018/10/17

Chrome 70 chega com PWAs, mais segurança, e polémico sign-in automático


A Google já lançou o mais recente Chrome 70, que chega com algumas novidades há muito esperadas... mas também com o polémico sign-in automático que terá que ser desactivado manualmente por quem não o quiser.

Já temos falado de algumas das novidades que o Chrome 70 iria trazer, como bloquear o acesso a sites com certificados de segurança antigos, mas a novidade que está no centro das atenções continua a ser a opção da Google de fazer o sign-in automático no Chrome assim que se faça login num qualquer serviço da Google.


Em resposta à polémica, a Google adicionou uma opção que permite desactivar este comportamento, mantendo o sistema independente tal como era nas versões anteriores; mas continua a criticar-se o facto da Google ter deixado esta opção activada de origem, em vez de deixar que fossem os utilizadores a activá-la.



Também para tornar mais claro de que forma é que este sign-in está a funcionar, foi também revista a apresentação da informação para que seja mais perceptível se se está com o sign-in no Chrome com a sincronização activada ou desactivada.


No caminho para tornar o HTTPS no novo padrão de acesso a site, o Chrome 70 dá também mais um passo no alerta para a falta de segurança, apresentando um aviso mais chamativo sempre que se preencher um formulário numa página web HTTP. Esta é uma situação em que esses dados poderão ser facilmente interceptados e manipulados, pelo que será conveniente a utilização do HTTPS (para isso, e para tudo o resto).


De resto, temos mais coisas boas, como o suporte para PWAs (Progressive Web Apps) em Windows, que permite que uma web app possa ser tratada como se fosse uma app tradicional, sem uma janela do Chrome em seu redor; novo codec de video AV1, mais eficiente; e ainda possibilidade de limitar a utilização de extensões a sites específicos ou apenas após se ter clicado nelas para as activar (algo que eu estava à espera mas que no entanto ainda não me aparece no meu Chrome 70).

2 comentários:

[pub]