2018/11/24

Cards Against Humanity dominam a Black Friday com descontos de 99%


Se nas promoções Black Friday já estamos habituados a ter cuidado para validar se realmente é uma promoção, os responsáveis pelo jogo Cards Against Humanity voltaram a dar que falar, com uma campanha de descontos de 99%... real.

Este senhores do Cards Against Humanity têm ficado conhecidos pelas suas campanhas "ridículas", já tendo feito coisas como lançar um clip publicitário televisivo de uma batata durante o Super Bowl, angariar centenas de milhares de dólares para cavar um buraco, vendendo "nada" por $5 ou, mais recentemente, comprando um lote de terra na fronteira com o México, só para atrapalhar o processo de construção do muro de Donald Trump.

Mas para este Black Friday, a sua iniciativa foi a de oferecer produtos com desconto de 99%!

Normalmente, numa loja convencional, uma coisa deste tipo seria habitualmente precedida do "até" 99%, sendo que depois teríamos um produto foleiro a custar alguns cêntimos para cumprir com a promessa dos 99%, e tudo o resto teria preços com descontos substancialmente inferiores (ou até preços inflacionado). Só que aqui... era mesmo real: desconto de 99%, numa gama de produtos tão alucinada quanto se poderia imaginar.


Os produtos apareciam de surpresa a cada 10 minutos, e por lá surgiram coisas ridículas como um Orlando Bloom em cartão em tamanho real, formigas, sacos de feijão e até um caixão. Só que para além dessas coisas ridículas também por lá passaram coisas como: um televisor Sony de 85" por $34.99, um Ford Fiesta de 2015 por $97.50, uma litografia original de Picasso por $60, uma esmeralda de $1800 por $18, uma viagem de 10 dias à Antárctica para duas pessoas por $180, e muitas mais coisas - com a constante de ser efectivamente com um desconto de 99% real.

Vamos ver se a moda pega, e se em vez de ser um dia dedicado a enganar os consumidores, mais lojas aderem à ideia de fazer do Black Friday um dia em que as lojas agradecem aos utilizadores todo o lucro que lhes dão durante o resto do ano! :)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]