2018/11/12

Corel desactiva software de utilizadores legítimos - e ainda oferece descontos a piratas


Depois do caso dos Windows 10 desactivados, temos agora novo caso que afectou utilizadores dos programas da Corel, que foram invalidados remotamente com a acusação de que se tratavam de cópias ilegais

Por muito que as empresas tentem fazer passar a ideia de que o DRM existe para benefício dos utilizadores, o que é certo é que se vão repetindo os casos que demonstram que na prática o DRM só vai prejudicando os clientes legítimos, deixando que os utilizadores de software ilegítimo continuem a poder usufruir dos produtos sem nenhum dos inconvenientes que os utilizadores pagadores enfrentam.

Foi precisamente esse o caso que agora afectou clientes dos programas da Corel, que viram os seus programas serem inutilizados remotamente, perante um aviso de que estavam a utilizar uma cópia ilegal.


O problema não era o aviso em si, mas sim o facto de ser acompanhado pela desactivação das funções de gravar, imprimir e exportar; o que, para qualquer pessoa que estivesse a utilizar estes programas para fins profissionais, com compromissos e prazos de entrega a cumprir, as deixava numa situação bastante complicada.

A Corel ainda alegou que quem estava a ver estes avisos teria comprado a licença em lojas não oficiais, que as vendem a custo reduzido; mas no caso em questão, o cliente que denunciou esta situação é um que tinha comprado os programas directamente da Corel - e mesmo assim, ficou mais de um dia impedido de utilizar o software que tinha comprado, enquanto ia tentando resolver a situação com a Corel - definitivamente não sendo o tipo de coisa que se esperaria, ao comprar software legítimo.


Mas este aviso da Corel tem ainda outra componente curiosa, que é o facto de mostrar - novamente - a forma absurda como são tratados os clientes pagadores legítimos. É que enquanto a esses clientes pedem que paguem $99.99 por um programa como o Corel PaintShop Pro, para estes utilizadores de cópias piratas a Corel dá-lhes a oportunidade de pagarem apenas $34.99!

... Não seria mais simples disponibilizarem desde logo o seu software a este preço reduzido, o que seria desde logo um excelente dissuasor para que se recorrer a software ilegal ou de fontes não oficiais? É que, com tácticas assim que prejudicam os clientes legítimos, o que vão conseguir é afastar clientes pagadores para produtos concorrentes ou para cópias pirateadas... ao menos assim, quando virem surgir o aviso, ao menos sabem que estavam sujeitos a isso - e ainda acabam por ter desconto de 65% face ao preço de tabela!

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]