2018/11/13

Google quer Android adaptável a todo o tipo de ecrãs


Criar um sistema que funciona apenas em smartphones ou tablets já não é suficiente, e a Google quer garantir que o seu Android será capaz de lidar com todo o tipo de dispositivos que existem actualmente e possam vir a surgir no futuro.

A Samsung é uma das marcas que tem estado a trabalhar no desenvolvimento de um smartphone com ecrã dobrável. Ao optar por este tipo de produto, haverá naturalmente que assegurar que o software tenha a capacidade de se adaptar ao tamanho do ecrã, o que vem aumentar a pressão pelos interfaces adaptáveis. Esta situação não é propriamente nova, pois a baixa taxa de sucesso dos tablets acaba por ter uma justificação no próprio Android. A Google nunca conseguiu apresentar uma solução optimizada para os ecrãs de maior dimensão.

O empenhamento da Google no desenvolvimento de uma solução capaz de se adaptar a vários tipos de ecrã, acaba assim por ser algo obrigatório.



A possibilidade de utilizar várias aplicações em simultâneo (ao estilo Windows), sem que apenas uma delas esteja activa é a grande novidade. Isto permitirá que o Android se aproxime do multitasking que temos nos sistemas operativos desktop, em que implicitamente se assume que todas as apps abertas estão a funcionar a tempo inteiro.

É um cenário muito interessante, que poderá catapultar o Android para outros horizontes, deixando este último de estar refém dos ecrãs dos smartphones. Resta esperar que desta vez não seja uma promessa que fique esquecida, à semelhança do que aconteceu desde os tempos dos Nexus 7 e Nexus 10.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]