2018/12/14

Empresa paga 100 mil dólares a quem não usar smartphone por 1 ano


A empresa Vitamin Water está a lançar um desafio mediático que vai obrigar a repensar o valor que se dá aos smartphones, com a promessa de 100 mil dólares a uma pessoa que esteja disposta a não utilizar o seu smartphone durante um ano.

Embora com objectivo assumidamente mediático e publicitário, a parte mais interessante da campanha será mesmo a componente de nos fazer pensar até que ponto estaríamos dispostos a abdicar daqueles aparelhos que se tornaram em companheiros diários "indispensáveis". Serão realmente indispensáveis? E, sabendo-se que tudo tem um preço, qual seria o preço que cada um aceitaria para se sujeitar a esta situação de não tocar em smartphones - nem tablets - durante um ano.



Há pessoas para as quais este desafio não traria qualquer dificuldade: aquelas que actualmente continuam sem utilizar um smartphone e se mantêm fiéis aos telemóveis "burros" (para referência, sabendo a importância de se estar contactável, a Vitamin Water disponibilizará um telemóvel desses ao candidato que for seleccionado, para que possa continuar a realizar chamadas telefónicas). Mas, para todos aqueles que não conseguem resistir a sacar do smartphone em todas as pausas ao longo do dia, sem dúvida que a coisa seria mais complicada. No mínimo, poderiam redescobrir que o seu dia tem afinal bastante mais tempo livre do que pensavam ter...

Quem se quiser aventurar nesta experência, terá que enviar um tweet ou com #NoPhoneforaYear e #contest até dia 8 de Janeiro a dizerem porque motivo deveriam ser os escolhidos.

E vocês, estariam dispostos a dizer adeus ao smartphone por um ano, em troca de 100 mil dólares? :)

5 comentários:

  1. Tenho um Lumia. Estou válido para o concurso?

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. Era boa ideia, mas os tablets também estão abrangidos.
      Teria que se andar com um portátil ao colo! :)

      Eliminar
  3. para mim era na boa facil facil.
    agora tirar me o pc ja nao sei se era tao facil hahahaha

    ResponderEliminar
  4. Sim eu preciso do dinheiro, então facoum sacrifício

    ResponderEliminar

[pub]