2018/12/18

Facebook continua sem deixar apagar histórico de navegação dos utilizadores


Depois do próprio Mark Zuckerberg ter anunciado em Maio que o Facebook iria "em breve" deixar os utilizadores apagarem todo o histórico de páginas e apps associados a si, a funcionalidade continua a ser uma miragem e sem data concreta para chegar.

Já lã vão mais de sete meses desde que Zuckerberg, para ficar bem visto no meio do escândalo de privacidade Cambridge Analytica em que o Facebook se ia afundando, anunciou que o Facebook levava muito a sério a privacidade dos utilizadores e que por isso lhes ia dar a possibilidade de eliminarem todo o histórico associado a eles, das páginas que visitaram, apps que utilizaram, etc.

Isto porque, mesmo quando um utilizador do Facebook visita outras páginas que não o Facebook, continua a ser "seguido" pela plataforma, bastando que uma página tenha um botão de like ou outro qualquer script do Facebook, ou que um serviço ou app disponibilize uma forma de fazer login através do Facebook. Como se poderá imaginar, para utilizadores do Facebook, isto significa que a rede social tem a capacidade de criar um perfil bastante completo de tudo aquilo que vai fazendo na internet (que páginas visitas, quando e com que frequência) e que servem para ir completando aquilo que sabe sobre cada pessoa.

Sendo dados que estão associados a cada utilizador, deveriam estar também acessíveis e sob controlo do utilizador... mas não é o caso, e continua a não o ser, mesmo depois da prometida funcionalidade.


Aparentemente o Facebook tem recursos suficientes para remodelar o Messenger e implementar novas funcionalidades regularmente, mas está a ter uma enorme dificuldade em descobrir como apagar dados associados aos utilizadores - ao ponto de, passados sete meses, o Facebook continua a dizer que ainda será necessário "mais alguns meses". Algo que se torna um pouco difícil de "engolir"... Um ano para dar aos utilizadores a capacidade para eliminarem dados que o Facebook já sabe estarem associados aos mesmos?

Mais um pequeno pormenor que em nada ajudará para manter a credibilidade que ainda lhe resta junto dos seus utilizadores...

1 comentário:

  1. E continua a saga do Facebook...será que ninguém processa estes gajos até eles afinarem!?

    ResponderEliminar

[pub]