2018/12/10

Monitores de gaming curvos e 144Hz estão a dominar o mercado

Em tempos considerados como uma raridade, os monitores curvos e capazes de refresh rates elevados têm conseguido atrair um número crescente de aficionados e já atingem um volume de 5.1 milhões de unidades vendidas em 2018 - sendo que metade dos quais são monitores curvos.

Se nos televisores os ecrãs curvos parecem estar a sair de moda, nos monitores de gaming o caso parece ser bem diferente. Cerca de metade dos monitores de 144Hz (ou superior) vendidos este ano são modelos com ecrã curvo, e essa parece ser uma tendência que continuará a aumentar nos próximos anos.

Para já, fabricantes como a Asus, Acer e AOC / Philips estarão bastante satisfeitos com o aumento de 100% que este segmento dos monitores gaming teve face ao ano de 2017, e que os deixam no pódio dos vendedores de painéis para monitores de gaming. Sendo que facilmente se compreende que assim que alguém compra um destes monitores de 144Hz e o mostra aos seus amigos, também eles ficarão interessados em comprar um - depois de constarem que afinal os 60Hz habituais não são assim tão rápidos quanto se pensaria (já seria tempo de se passar para os 120Hz como refresh rate de referência).

Já a nível global, a Dell, HP e AOC / Philips ocupam as três primeiras posições, com 19.6%, 13.8% e 13.1% respectivamente (valores estimados até que se encerrem as vendas deste ano).


Pena é que para se comprar um monitor 2K de 165Hz - como o Asus PG279Q ROG Swift - ainda se tenha que pagar quase 800 euros; ou que um monitor curvo de 34" de 120Hz com G-SYNC atire os valores para os 1000 euros (bem sei que há monitores mais em conta, se estivermos dispostos a usar painéis não-IPS).

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]