2018/12/12

Videos não reconhecidos no Google Photos vão passar a contar espaço


A Google vai por um ponto final a quem estivesse a abusar da modalidade de armazenamento ilimitada do Google Photos para guardar outros tipos de ficheiros, e vai começar a contabilizar o espaço para formatos de vídeo não reconhecidos.

A modalidade de espaço ilimitado para fotos e vídeos no Google Photos, em troca de uma ligeira compressão dos mesmos, é uma excelente forma para quem quiser manter backups das suas fotos na cloud sem se preocupar com o custo dos potenciais gigabytes que seriam necessários. Mas a Google vem agora fechar a porta a alguns abusos.

Desde o dia 6 de Dezembro, os ficheiros de vídeo que não forem reconhecidos passarão a descontar para o espaço total disponível da conta. (Considerando que na lista de formatos suportados temos os mpg, .mod, .mmv, .tod, .wmv, .asf, .avi, .divx, .mov, .m4v, .3gp, .3g2, .mp4, .m2t, .m2ts, .mts, e .mkv files, parece-me que a diferença para a esmagadora maioria dos utilizadores será nula.)

É uma pequena alteração que parece não fazer muito sentido - até porque a maioria dos utilizadores já poderia achar que isso estivesse implícito - mas que parece ter merecido atenção especial da Google. O que, por outro lado, nos faz interrogar se haveria utilizadores a guardar todo o tipo de conteúdos, disfarçados de ficheiros de vídeo, para tirarem partido da capacidade de armazenamento ilimitada oferecida pela Google. Seja como for, há que agradecer o facto da Google não eliminar automaticamente esses ficheiros, mas simplesmente passar a contabilizar o seu espaço... e assim, que sejam os utilizadores a lidar com o problema como melhor entenderem.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]