2018/12/20

Windows Sandbox chega em 2019 com máquinas virtuais descartáveis


Ao fim de várias décadas, a MS vai finalmente dar-nos aquilo que há muito era pedido: a possibilidade de correr programas num Windows 10 virtual, isolado da máquina real, com o Windows Sandbox.

Longe vão os tempos em que implicitamente se podia confiar no software que se executava no computador sem grandes preocupações, e onde o software suspeito era uma excepção. Hoje em dia é precisamente o oposto, e infelizmente o Windows 10 continua sem grandes ferramentas para lidar com isso. Como é que podemos experimentar algo que possa parecer suspeito, mas sem que com isso se arrisque a ficar com a máquina infectada com sabe-se-lá-o-quê? A solução: o Windows Sandbox.

O Windows Sandbox é um mini ambiente virtual que replica uma instalação limpa do Windows 10, e onde podemos fazer tudo o que quisermos sem receio de que qualquer alteração aí efectuada possa infectar o nosso Windows 10 "real". É certo que isso já podia ser feito usando ferramentas de virtualização como o VMware, VirtualBox ou até o Virtual PC da própria MS, mas tudo isso implica um processo mais trabalho, obrigando a criar máquinas virtuais, instalar o seu próprio sistema operativo, e dedicar muitos gigabytes a essa função. Este Windows Sandbox, elimina tudo isso, tirando partido dos próprios ficheiros do Windows que já temos na máquina real, e sendo exactamente aquilo que se pretende para correr alguns programas ocasionais que possam ser completamente descartados no final - e até contando com coisas como aceleração gráfica por hardware e tudo.

Era mesmo de uma coisa destas que eu estava à espera há muito. Mas por agora será necessário esperar mais um pouco... Este Windows Sandbox só deverá chegar com a primeira grande actualização do Windows 10 no primeiro semestre de 2019, e só para o Windows 10 Pro e edições Enterprise. Mas pronto, é daquelas coisas que mais vale tarde do que nunca.

4 comentários:

[pub]