2019/01/10

Acer Predator Triton 900 vem com RTX 2080 e ecrã convertível

A Acer também já faz parte do grupo de fabricantes que tem um portátil para jogos com a mais potente Nvidia GeForce RTX 2080, e que até pode ser usado como "tablet" graças ao seu engenhoso sistema de dobradiça no ecrã.

O Predator Triton 900 passa a ocupar o posto de portátil "gaming" mais potente da Acer, vindo com um ecrã touchscreen 4K G-SYNC de 17" com Ezel Aero Hinge - que vira, estende ou reclina o ecrã - de 17 polegadas. Conta ainda com CPUs Intel Core i7 de 8ª geração, GPU RTX2080, SSDs NVMe PCIe em RAID 0, até 32GB de RAM, processamento áudio Waves Maxx e Waves NX (com head tracking), e até pode ser utilizado com um controlador Xbox sem necessidade de módulos adicionais. Tudo isto numa espessura inferior a 24mm.
O Triton 900 conta ainda com um curioso design que deixa parte do dissipador visível, e o trackpad fica posicionado na parte lateral do teclado, onde também pode actuar como teclado numérico (é um pormenor interessante, mas que pode prejudicar a vida a quem for canhoto - mas não que isso importe muito, já que o utilizador alvo deste portátil deverá querer utilizá-lo quase sempre com um rato.)

Este portátil suporta também o Predator RGB Assault, uma aplicação para jogadores de League of Legends que mostra efeitos de iluminação predefinidos do teclado quando os Campeões do jogo usam as suas habilidades. Os utilizadores podem personalizar estes efeitos de iluminação para habilidades individuais dos seus Campeões.

Como se poderá imaginar, um portátil assim não será nada barato, e isso confirma-se com um preço a começar nos 4199 euros. Preço que até faz com que o modelo mais modesto - o Triton 500 - a começar nos 1999 euros, pareça barato.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]