2019/01/04

Começa o ano com o Windows e Office a preço reduzido


Depois das promoções de Natal chega a oportunidade para apanhar um Windows e Office a preço de saldo para entrar com o pé direito em 2019.

A Goodoffer24 está a levar a cabo uma Mega Promoção de ano novo, que dá acesso a descontos para todos os seus produtos de software, e que até inclui a possibilidade de receber um reembolso do valor total da sua compra, o que seria uma excelente prenda de Natal, dando acesso ao Windows, Office, ou outros produtos, de forma completamente gratuita.

Sem depender da sorte temos um desconto de 20% para todos os produtos de software usando o código: JGO24NY20

Esta promoção é válida até 31 de Janeiro.


O processo de compra é bastante simples, bastando ir adicionado os produtos pretendidos ao carrinho de compras, e inserir o código de desconto no campo respectivo antes de prosseguir para o checkout.



É possível fazer o pagamento via PayPal - o que é sempre recomendado como medida de protecção adicional - e que também demonstra que a Goodoffer24 não tem receio de dar essa facilidade aos seus clientes. Um dos nossos leitores disse recentemente que uma das chaves que tinha tentado utilizar (alguns meses após a compra) estava a dizer que era inválida, e que bastou contactar o suporte em info@goodoffer24.com para que rapidamente lhe enviassem uma nova chave, funcional, sem qualquer complicação.

Não se esqueçam que no caso dos Windows 10 e Office, o download continuará a ser feito do site da Microsoft, com a compra a disponibilizar apenas as chaves para activar os produtos:

7 comentários:

  1. Convém alertar que estas licenças não são legais perante a legislação portuguesa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Unknown,
      Porque diz isso?

      Eliminar
    2. Agora também fiquei curioso e gostaria de saber qual será a resposta de "Unknown"...

      Eliminar
    3. Não são legais*, para fins comerciais (faltou-lhe o asterisco sr Unknown).
      Ou seja, estas licenças não são válidas para usar em "empresas" (sejam coletivas ou individuais), apenas e só para uso pessoal. Creio que seja isto que o sr. Unkown queria dizer, mas estava com pressa. 😂
      PS: sinceramente, no dia em que se preocuparem em andar a ver as licenças de software pelo tecido empresarial fora, quase certeza que vai haver alguns escândalos.

      Eliminar
    4. Rui Cruz,
      A Microsoft já o fez na empresa onde trabalho. :)

      Eliminar
    5. Quim Zé, calhou-lhe a "sorte grande", se puder contar mais sobre o episódio e o que se sucedeu, fiquei curioso.
      Mas eu nem falava em entidades privadas, falava mesmo em autoridades tributárias, ASAE e afins. Se calhar as privadas depois até comunicam/denunciam casos às entidades competentes, não sei.

      Eliminar
    6. Rui,

      Basicamente pediram para correr uns scripts e depois mostrar as licenças (Office e Windows) para cada máquina do parque empresarial que temos.

      Eliminar

[pub]