2019/01/18

Google mostra resultados só com links em França em antevisão do Artigo 11


Em jeito de "tem cuidado com o que desejas", a Google começou a apresentar em França resultados como os que se podem esperar caso a UE avance com a aprovação do artigo 11 da reforma dos direitos de autor, nos moldes actuais.

Em vez dos característicos resultados que todos conhecem das páginas de pesquisa da Google, alguns franceses estão a deparar-se com páginas de resultados que apresentam unicamente os links, sem qualquer imagem ou excerto que lhes dê algum contexto - como é pretendido pelo polémico artigo 11 da "taxa dos links", com o qual os grupos editoriais esperam obrigar os motores de busca e redes sociais a pagarem pela sua exibição.


Não posso censurar a Google por estar a mostrar ao Governo Francês - e todos os outros que apoiam estes artigos - o tipo de remédio que poderão ter que provar caso avancem com esta medida; ao estilo daquilo que já se passou na Alemanha e Espanha, quando em resposta à tentativa de forçar a Google a pagar pela partilha de notícias, a Google simplesmente optou por remover os respectivos sites noticiosos do seu Google News (rapidamente dando origem a uma inversão, com os editores a pedirem à Google que os reintegrassem).


Algumas pesquisas revelam resultados ainda mais interessantes, já que praticamente eliminam por completo as informações e imagens de sites noticiosos franceses (que ficam apenas com os links) mas mantêm as imagens e excertos de sites russos que alegadamente espalham fake news.

... É mesmo este o caminho no qual a UE se quer meter? É que não me parece difícil antever que, na melhor tradição dos filmes com génios malvados que subvertem os desejos feitos pelas vítimas, também aqui o resultado não vá ser nada daquilo que os nossos políticos e grupos editoriais europeus em busca de uns milhões caídos do céu, esperam.

2 comentários:

  1. Hoje aparecia me assim e nao tinha qualquer ligacao a frança... a unica coisa nao nativa que uso é o dns do google...

    ResponderEliminar
  2. Deputados europeus com cara de *surprised pikachu*

    ResponderEliminar

[pub]