2019/01/17

Motorola prepara regresso do RAZR com ecrã dobrável


A Lenovo não quer ficar para trás na corrida aos modelos com ecrãs dobráveis, e para isso parece disposta a ressuscitar um nome bem conhecido das décadas passadas: o RAZR da Motorola.

A família RAZR da Motorola foi uma das mais bem sucedidas de sempre, vendendo mais de 130 milhões de unidades do modelo RAZR V3. O seu design característico fazia dele um dos telemóveis de eleição - sendo ele próprio uma evolução do mais antigo StarTAC que também contagiou a paixão de todos os que apreciavam a alta-tecnologia da altura (e numa altura em que os fabricantes se esforçavam por fazer os telemóveis mais pequenos e com a máxima autonomia possível - algo que parece ser o oposto das linhas directrizes actuais! :)

[o StarTAC - que sucedeu ao MicroTAC, que curiosamente foi o meu primeiro telemóvel]

A Lenovo parece ter planos para recuperar a marca RAZR, desta vez aplicado a um smartphone de topo com ecrã dobrável, e com preço que poderá ir para os $1500.

Refira-se que não é a primeira vez que a Motorola tenta recuperar os RAZR (ou pelo menos, tentar facturar à custa da sua boa reputação). No início da década lançou uns Droid RAZR em parceria com a Verizon, que não tiveram grande sucesso (nem contavam com o característico design dobrável). Resta esperar que desta vez, com novo formato dobrável, seja feita uma justa homenagem a este modelo icónico da história dos telemóveis - mesmo que o seu preço elevado não permita que todos os fãs possam ter um.

1 comentário:

  1. Curiosamente, o meu primeiro telemóvel também foi um StarTAC (adquirido através de uma promoção do jornal Correio da Manhã) há uns... 23 anos?

    ResponderEliminar

[pub]