2019/01/31

O sistema de deslizamento magnético do Mi Mix 3


O Xiaomi Mi Mix 3 recorre a um sistema de deslizamento mecânico para manter um ecrã full-screen sem notches, e agora temos a oportunidade de ver como é que a Xiaomi o fez de maneira a resistir a milhares de operações e abusos.

Sem dúvida que a utilização de um sistema de deslizar para manter o ecrã livre de recortes é interessante mas, à semelhança de qualquer outro sistema mecânico móvel, levanta algumas preocupações quanto à sua durabilidade... especialmente se considerarmos que quem quiser utilizar o sistema de desbloqueio por reconhecimento facial terá que fazer essa operação de deslizamento dezenas de vezes por dia, dia após dia, ano após ano.

Ao se abrir o smartphone vemos que a Xiaomi teve o cuidado de garantir a longevidade do mecanismo, recorrendo a um sistema magnético para manter o smartphone fechado (e aberto) sem usar molas ou outros elementos que se "gastassem".

Não admira que tenham a confiança para anunciar que este sistema resistirá mais de 300 mil operações sem problema, e outros testes independentes tenham validado o mecanismo para mais de 600 mil operações - o suficiente para fazerem 200 "deslizamentos" por dia ao longo de mais de 8 anos!

3 comentários:

  1. Não percebo estas paranóias com desgaste de sistemas de deslizamento.
    As pessoas já se esqueceram dos telemóveis deslizáveis dos inícios de 2000?

    Isso não foi problema na altura e também não será agora.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nessa altura, abririas o telemóvel 3, 4, 10(?) vezes por dia - actualmente irás fazer isso 10 ou 20 vezes mais... São casos diferentes. :)

      Eliminar
    2. Nessa altura os telemóveis eram fabricados quase totalmente em plástico, logo, as forças de ação e reação em causa seriam mesmo muito menores do que as que agora necessitam de ser projetadas de antemão.

      E, por outro lado, a maioria dos telemóveis de então, custavam, provavelmente, em média, um décimo daquilo que este telemóvel deverá custar, não é?

      Eliminar

[pub]