2019/02/13

Português acusa Huawei de roubar ideia para câmara de encaixar em smartphones


Depois das notícias que acusam a Huawei de espionagem industrial nos EUA, eis que nos chega um caso muito mais próximo, de um português que tem estado a lutar contra a empresa há anos, depois da mesma ter aparentemente roubado a sua ideia para uma câmara externa de encaixar nos smartphones.

O caso já se arrasta desde 2014, quando Rui Pedro Oliveira voou até ao Texas para se encontrar com vários representantes da Huawei (Jeff Xu, Eric Murrell, Erica Porter e Michael Guo) e apresentar uma ideia que pensava poder ser uma mais valia para a empresa: uma câmara externa de encaixar nos smartphones.

O produto parecia ter interessado bastante os responsáveis da Huawei, ao ponto de marcarem uma reunião adicional para saberem mais informação, mas depois desse início promissor a Huawei não fez qualquer contacto adicional, parecendo ter perdido o interesse no projecto. Pelo menos, até quatro anos mais tarde, em 2017, Rui ser surpreendido pelo lançamento da câmara externa EnVision, com um design que parecia ter sido fotocopiado daquilo que tinha mostrado há Huawei.


Rui detém as patentes para esta câmara externa (USD792497S1, US9503625B2), o que lhe deveria dar protecção adicional. No entanto, não é fácil para um particular enfrentar uma multinacional com todos os recursos que tem à disposição.

Estou longe de ter os conhecimentos sobre patentes e registos para saber se o facto da câmara da Huawei ser de 360º, em vez de uma única câmara "tradicional", será suficiente para dizer que "é diferente". Mas, tendo em conta o relato do que aconteceu, será no mínimo bastante suspeito que o elevado interesse inicial da Huawei na ideia rapidamente tenha dado lugar ao silêncio, e alguns anos depois resultar no lançamento de um produto idêntico.

Esperemos que a Huawei possa esclarecer o que se passou, e ajudar a rectificar a situação.


Nota adicional: Rui Oliveira é o mesmo que também está por trás do projecto da criação de um filme animado sobre Fátima.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]