2019/02/01

Uber adiciona transportes públicos à sua app


Depois das diferentes modalidades dentro do seu próprio serviço, a Uber está a adicionar opções de transportes públicos à sua app.

Por agora esta nova modalidade de transportes públicos está disponível apenas em Denver nos EUA, mas a Uber diz que isto será algo que espera expandir rapidamente a todos os mercados onde opera. Uma novidade que também reforça as pretensões da Uber de se tornar numa app "universal" de transportes, que englobe não só o seu serviço mas outras redes de transporte.

Por agora a app limita-se a dar indicação dos horários e custo aproximando usando os transportes públicos, mas não será difícil antever que o passo seguinte, a dar no futuro, passaria também por fazer parcerias ou fomentar a utilização de plataformas abertas, que facilitassem a integração dos pagamentos desses transportes a partir da conta da Uber, o que seria uma enorme mais valia, tanto para as respectivas empresas como - e principalmente - para os utilizadores.

São coisas que, no entanto, irão demorar o seu tempo a implementar... e isto assumindo que as empresas de transportes querem cooperar e não "dificultar".

6 comentários:

  1. Bem, presumo que os dados nem sejam muito "privados" ou difíceis de obter, pois a Google apresenta essa informação no Maps (e por vezes também nas pesquisas via Chrome), pelo que, provavelmente, isso será coisa básica - digo eu...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A questão aqui não é a dificuldade, muitos operadores de transporte fornecem esses dados de forma aberta. A questão está acima de tudo na decisão de negócio em mostrar essa informação.

      Eliminar
    2. Sim, sem dúvida.

      Atrevo-me a dizer que tiveram foi demasiado "rei na barriga" pensando que iriam ser donos e senhores do serviço pessoal de transporte nas cidades.

      Se tivessem entrado de forma um pouco mais humilde, colocando TODOS os serviços de transportes disponível incluindo o seu próprio conceito (acreditando em pleno que era superior e mais prático) não tenho grandes dúvidas em como a coisa talvez lhes tivesse corrido um pouco mais de feição...

      (ou não, claro está!)

      Mas assim, como é proposto nesta nova "modalidade" é certo que estarão mais perto de oferecerem um serviço mais abrangente e de servirem como uma espécie de centro de informações sobre horários e disponibilidades de transportes públicos e privados.

      Se for prático, rápido e fácil o suficiente, só poderá dar certo, digo eu...

      Eliminar
    3. Não esquecer que por cá, não temos acesso à vertente mais "revolucionária" da Uber, que é a ideia de "qualquer pessoa" se poder tornar num condutor nos seus tempos livres, usando o seu próprio carro.

      Eliminar
    4. ...precisamente (ou talvez também) porque eles entraram "com os pés" neste negócio, pensando que tudo seria um mar de rosas e que o negócio estaria garantido.

      Eliminar
    5. Não sei se será assim tão fácil, não nos podemos esquecer que até há cerca de dois anos só os horários de comboios e metro estavam disponíveis no maps, antes disso teria que se utilizar os sites dos outros operadores (ex.carris e stcp) para obter os horários (porque nem nas paragens os horários estavam atualizados), e para calcular rotas teriamos que utilizar plataformas destes mesmos serviços que a maioria das vezes davam percursos no minimo estupidos.
      Não nos podemos esquecer de que algumas empresas (por exemplo stcp) quando tiveram os seus horários no maps até meteram anúncios a passar dentro do autocarro (indicando que se calhar acham que a decisão foi deles ou que fizeram algo impressionante).

      Não sei de que forma a uber pretende integrar este serviço, se terá em conta transbordo entre diferentes transportes públicos, mas penso que a estratégia deevria passar por um acordo com a google que tem uma ferramenta muito bem desenvolvida e aprimorada.

      Eliminar

[pub]