2019/03/10

Snapdragons da Qualcomm suportam câmaras até 192MP


Agora que parece se estar perante uma nova corrida aos megapixeis nas câmaras dos smartphones, a Qualcomm actualizou a informação dos seus chips, referindo que muitos deles têm capacidade para lidar com câmaras de até 192MP.

A Qualcomm actualizou a informação relativa a chips como o Snapdragon 845, 710, 675, 670 e 660, adicionado a informação de que podem lidar com sensores de câmara com resoluções até 192MP.


Este será o valor máximo teórico para uma única câmara (o que desde logo inviabilizaria sistemas de dupla câmara, ou até a utilização de uma câmara frontal), e que também impede a utilização de sistemas como o MFNR (Multi-Frame Noise Reduction) e ZSL (Zero Shutter Lag) que são usados frequentemente.

É de imaginar que a Qualcomm tenha adicionado isto em resposta a sistemas como o utilizado pela HMD no Nokia 9, que usa um processador dedicado para lidar com o processamento dos seus 6 sensores de imagem, e que de outra forma não poderia ser ligado facilmente aos chipsets utilizados nos smartphones, que estão preparados para lidar apenas com duas ou três câmaras.

Mas pronto... se alguém tiver vontade de adicionar um sensor de quase 200MP a um smartphone, a Qualcomm diz que, pelo menos tecnicamente, será possível fazê-lo até mesmo com os seus chips de gama média.

2 comentários:

  1. Pq que tá camaras? Algo de certo bao está errado. Não pera

    ResponderEliminar
  2. Essa alteração aconteceu por causas de alguns lançamentos de 2019, o Redmi Note 7 e Note 7 Pro por exemplo, eles trazem câmeras de 48MP em chipsets intermediários, por causa desse conflito de informações entre as especificações do dispositivo e do Chipset foi meio que obrigada a alteração para não causar tanta confusão ao consumidor final

    ResponderEliminar

[pub]