2019/04/22

Apple perde "one more thing" para a Swatch na Austrália


A Apple voltou a perder para a Swatch nos tribunais, desta vez na Austrália e em relação à célebre frase "one more thing".

Para os fãs da Apple a frase "one more thing" estará para sempre associada a Steve Jobs, que a utilizou ao longo de mais de uma década no final de algumas apresentações, para revelar novos produtos. Mas a Swatch fez um pedido de registo desta frase na Austrália, a propósito de uma nova série de relógios, à qual a Apple reagiu lançando o seu próprio pedido de registo.

Só que (uma vez mais) a Apple perdeu para a Swatch, já que os tribunais não consideraram que a utilização ocasional da frase, sem que estivesse associada a nenhum produto ou serviço, fosse motivo para a poder registar. Do seu lado, a Swatch defendeu a utilização do "one more thing" como sendo alusiva à célebre frase do detective Columbo (para quem ainda se lembrar dessa série de TV) e associada a uma série de relógios inspirada nessa temática. No passado, a Apple já tinha perdido um caso idêntico na Suiça, quando quis impedir a Swatch de utilizar a frase "Tick different" por a considerar demasiado próxima do seu "Think different".

Resta à Apple o "consolo" de saber que o seu Apple Watch vende mais que todos os fabricantes de relógios suíços.

3 comentários:

  1. Absurdo...
    Vou já registar a frase "vou cagar" e quem quiser usar, vai ter de me pagar.

    ResponderEliminar
  2. Não é um grande consolo porque se calhar os relojoeiros suíços facturam mais que a apple com o seu apple watch

    ResponderEliminar
  3. Enfim, birras de meninos mimados.
    Problemas de submundo.

    ResponderEliminar

[pub]