2019/04/02

China impõe limites à utilização do TikTok e outras apps de vídeo por crianças


Depois das restrições impostas a alguns jogos populares, a China avança com a exigência de um "modo para crianças" aplicado a apps de vídeo populares, como o TikTok e Kuaishou.

Apps como o TikTok, da Bytedance, têm tido um sucesso viral na China, atraindo milhões e milhões de utilizadores, que facilmente podem partilhar pequenos clips de vídeo com o resto do mundo. No entanto, à semelhança do que já tinha acontecido com alguns jogos populares, o governo Chinês quer colocar no travão na sua utilização, impondo a implementação de um "modo para crianças" nestas apps, que aplica diversas restrições.

Com este modo activado, os utilizadores passarão a estar limitados em termos de tempo de utilização máximo por dia - fala-se que poderá ser de apenas 40 minutos por dia - também impedirá a utilização da app durante a noite, entre as 22h e as 6h da manhã; ea par de outras restrições como dar gorjetas a outros utilizadores ou fazer live-streams.


No ocidente, temos visto uma preocupação crescente com a disponibilização de métodos de controlo do tempo de utilização das apps (Screentime no iOS, Digital Wellbeing no Android), mas sempre na vertente de serem ferramentas que ficam à disposição dos pais para usarem à sua discrição. Na China, o governo volta a chamar a si essa função, dizendo o que os seus cidadãos podem ou não fazer no seu tempo livre. Talvez a preocupação principal seja a incapacidade de censurarem em tempo útil os milhões e milhões de vídeos feitos a cada instante? (Ainda há dias foi dito que iriam contratar mais alguns milhares de pessoas para reforçarem um dos seus serviços de filtragem e censura de conteúdos.)

.... Um destes dias ainda assistiremos ao desligar da internet das 22h às 6h na China... só para prevenir...

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]