2019/04/11

Gravações da Alexa estão a ser ouvidas por equipas da Amazon


Os Echo da Amazon voltam a ser postos em causa, com a descoberta de que existem milhares de pessoas espalhadas pelo mundo, cuja única função ao longo do seu dia é ouvir gravações dos utilizadores para melhorarem o sistema de reconhecimento de voz.

Há quem nem sequer admita a possibilidade de colocar um dispositivo tipo Echo em casa, por receio de estar a ser continuamente escutado (não que essa mesma preocupação não se possa aplicar igualmente aos smartphones, Smart TVs, etc.) mas a maioria das pessoas não levanta tantos problemas, acreditando no pressuposto de que os dispositivos apenas irão escutar após detectarem as palavras de activação, e de que aquilo que disserem apenas irá ser ouvido por um "cérebro electrónico". Infelizmente, não é isso que acontece.

A Amazon tem milhares de pessoas cuja tarefa é escutar gravações de voz recolhidas pela Alexa, para as transcreverem e assim melhorarem o processo de reconhecimento de voz. E o problema é que entre essas gravações se encontram coisas como conversas privadas que podem conter informação sensível, e que muitas vezes podem estar a ser gravadas mesmo que não se tenha dito deliberadamente a frase de activação.



Por outro lado, da perspectiva de quem escuta, as coisas também nem sempre são fáceis. Pelo meio da esmagadora maioria de pedidos ou comandos básicos, por vezes surgem gravações que podem indiciar actos violentos ou actividades criminosas. Situações que quando reportadas à Amazon parecem estar a ser tratadas com um simples "isso não é nada connosco" - seguramente para também evitar toda a polémica que se seguiria do facto dos Echo estarem a ser utilizados para "espiar" os utilizadores e os denunciar às autoridades.

O que é certo, é que isto nos vem demonstrar que a tecnologia não funciona "por magia", e que o processo (aparentemente simples) de reconhecimento de voz tem muito mais coisas a decorrer nos bastidores - neste caso, com a audição por parte de pessoas - do que a maioria dos utilizadores sabe.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]