2019/04/08

Waze vai ajudar londrinos a escapar às taxas de poluição da ULEZ


O Reino Unido criou uma nova zona de baixas emissões em Londres para tentar reduzir a poluição na capital, e muitos condutores terão que recorrer à ajuda do Waze para evitarem pagar taxas dispendiosas por qualquer distracção na condução.

Praticamente toda a população de Londres vive em áreas que excedem os níveis de poluição atmosférica considerados aceitáveis pela Organização Mundial de Saúde, e isso levou à criação de uma nova "Ultra Low Emission Zone" (ULEZ) na capital britânica.

Quer isto dizer que veículos a gasolina anteriores a 2006 e a gasóleo anteriores a 2015 passam a pagar uma taxa adicional de £12.50 (€14.50) para circularem nesta zona, que por agora coincidirá com a já existente zona de congestão londrina (que já conta com uma taxa adicional de circulação), mas que irá ser expandida ao longo dos próximos anos.


A medida está envolta em polémica, pois bastará que alguém se descuide e entre nesta zona - mesmo que seja por um minuto - para ter que pagar a taxa; e caso isso apanhe a transição de um dia para o outro, terá que pagar logo pelos dois dias (sem contar com a taxa de congestionamento, mais estacionamento, etc.)


Felizmente, o Waze vem dar uma ajuda. Os condutores poderão dizer se o seu veículo deve ou não circular na zona ULEZ, e poderão contar com rotas optimizadas para evitarem o pagamento das taxas das emissões - e receberem alertas caso tenham que passar nessa zona. A parceria feita com o Transports of London garante que a cidade terá acesso aos dados anonimizados dos trajectos feitos, e poderá avaliar o impacto que a criação desta zona teve na alteração das rotas dos condutores.


Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]