2019/05/26

Como usar a box de TV num sítio sem ethernet com o Devolo Gigagate


Se muitas pessoas se podem dar ao luxo de ter uma ficha ethernet em cada divisão, muitas outras têm frequentemente que lidar com o problema de não ter um cabo de rede no local onde mais precisavam dele, mas felizmente há aparelhos no mercado que permite solucionar estes casos, como é o caso do Devolo Gigagate.


O problema

No meio de tanta tecnologia e hardware é normal que tenhamos dificuldade de nos lembrar de todas as opções existentes para resolver aquele problema que parece não ter uma solução simples. No caso em questão, queria ligar uma box TV do operador num local onde não tinha uma tomada ethernet e as alternativas que tinha testado estavam longe de corresponder às necessidades.

Quando se compra ou aluga uma casa ficamos limitados à infra-estrutura existente. No meu caso, tive a sorte de conseguir fechar o negócio antes de ter as paredes terminadas, pelo que consegui passar alguns cabos de rede (um para a sala de estar, outro para o meu quarto). Mas, claro está, que alguns anos mais tarde cheguei à conclusão de que a minha iniciativa tinha ficado aquém das necessidades, faltando ethernet noutras divisões da casa.

O recurso a uma solução powerline foi suficiente para colmatar este problema, e tudo ficou resolvido durante os tempos em que tinha apenas uma ligação ADSL. Mas com a chegada da fibra e a alteração do local onde o modem do operador ficou instalado, surgiram os novos problemas. A box TV do operador foi instalada numa divisão sem portas de rede, tendo o powerline sido mais uma vez a solução. O facto de não pretender ter os meus equipamentos "pendurados" na rede disponibilizada pelo operador levou-me a utilizar um router, para gerir a minha rede "privada". Esta chegava ao andar de cima através do cabo de rede referido anteriormente, ficando assim os problemas resolvidos.

Só que, novamente, o crescimento das filhas acabou por criar outras necessidades, passando o WiFi a ser um requisito "fundamental". Para este efeito, montei uma segunda rede powerline que ficou pendurada no meu router. A solução funcionava bem a maioria das vezes, mas quando as miúdas decidiam ligar a segunda box de TV no primeiro andar, as duas redes powerline acabavam por não se dar muito bem, havendo paragens na imagem. A solução acabou por ser a eliminação da segunda box, saindo esta da equação. A app Android, em conjunto com um chromecast, foi a solução encontrada para elas verem TV e gravações, se bem que com algumas limitações impostas pelo operador.

Ficou apenas por tratar da box que estava na rés-do-chão. Neste local existe uma tomada de TV que actualmente não serve para nada. A passagem de um cabo de rede desde o modem do operador resolvia a questão, mas o cabo coaxial está (literalmente e fisicamente) preso e não houve maneira de o retirar (sem partir a parede). Tentei ainda utilizar um repetidor WiFi para expandir o sinal do modem do operador, mas esta solução não se mostrou eficaz, causando muitas paragens na imagem, ficando por isso descartada.

Quando já estava quase resignado a que teria que partir a parede para desencravar o cabo, eis que me lembrei de experimentar um produto que por cá já passou: o Devolo Gigate!


Devolo Gigagate



O Devolo Gigagate permite expandir a rede do operador, através da utilização de dois equipamentos que criam uma ponte WiFi a 5GHz entre si. Instalei a base junto ao modem do operador e coloquei o módulo adicional no local onde se encontra a TV. Para testar o conceito, resolvi colocar os dois equipamentos em linha de vista.


A instalação continua a ser do mais simples que existe. Bastou ligar a alimentação e o cabo de rede à base (e modem do operador), passar para a divisão onde está a TV, ligar a alimentação ao módulo satélite e o cabo de rede entre este e a box do operador. Depois de tantas tentativas fracassadas, confesso que não tinha grandes expectativas. Deixei terminar o processo de sincronização dos dois equipamentos Gigagate e liguei a box TV do operador. Pensei logo que não ia dar, pois basta a box ficar numa rede diferente para que já não funcione como esperado.

Para surpresa minha, estava eu ainda a ver as configurações dos Gigagate quando aparece imagem na TV. OK, mais vai já bloquear, pensei eu. Esperei alguns segundos, e não é que tudo continuou a funcionar? Sincronia perfeita, sem qualquer falha. Passado este teste inicial, foi hora de colocar os módulos Gigagate nos locais onde iriam ficar instalado, o que levou a que não ficassem em linha de vista, tendo inclusivamente várias paredes e móveis entre os dois.

Esta alteração não teve qualquer impacto no desempenho da box TV do operador, com a imagem e som a serem reproduzidos sem falhas. Não faço tenção de utilizar esta rede da bride WiFi Gigagate para navegar na net, indo inclusivamente desligar a rede WiFi que é criada para este efeito, mas não pude deixar  de verificar o desempenho da mesma.



Os resultados estão em linha com os publicados na análise à Devolo Gigagate, havendo uma melhoria no sinal de upload, que passou a ser superior aos 20mbits que tinha contratualizados à altura da análise ao equipamento.

Caso tenham necessidade de passar o sinal de rede para um local onde não tenham uma tomada instalada, o Devolo Gigagate será uma opção eficiente que deverão ter em conta. Fica a dica.

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Não penso trocar a VDF pela MEO, só para ter essa dita box, mas sim, as box deveriam funcionar via WiFi.

      Eliminar
  2. Modelo e quanto custa? Parece ser uma solução interessante, mas muiiiiito cara para o efeito. Quase vale a pena mandar a parede abaixo!
    E as velocidades são comparáveis ao ethernet?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isto não pretende competir com quem conseguir passar um cabo ethernet entre os dois pontos: é precisamente para os casos onde não for possível / desejável fazer isso. :)

      Eliminar

[pub]