2019/05/22

Honor 20 chega com quad-câmara e preço a começar nos €500


A Huawei não deixou que a actual situação interferisse com a apresentação dos novos Honor 20 e 20 Pro, numa sessão que teve como curiosidade não ter havido sequer uma única referência ao Android.

A sub-marca Honor tem dados aos fãs dos modelos da Huawei uma forma mais acessível de chegar a funcionalidades idênticas, e volta a ser o caso com estes novos Honor 20 e 20 Pro. Estes modelos vêm com ecrã full-screen com furo para a câmara, e apostam em sistemas quad-câmara que prometem muitos bons resultados (o 20 Pro obteve 111 pontos no DxOMark, ficando empatado com o recente OnePlus 7 Pro).


O Honor 20 Pro tem um ecrã LCD de 6.26" full-screen FHD+ com furo para a câmara, Kirin 980, 8GB+256GB, bateria de 4000mAh com SuperCharge (carrega 50% em 30 minutos), câmara frontal de 32MP, e câmara traseira de 48MP f/1.4 OIS (a maior abertura num smartphone), super grande angular de 16MP, telefoto 3X de 8MP OIS, macro de 2MP e ainda sistema de focagem laser. O sensor de impressões digitais fica posicionado no botão de power na lateral.



Já o Honor 20, partilha muito dos componentes do Pro, incluindo ecrã e CPU, mas fica limitado a 6GB+128GB e as câmaras sofrem algumas alterações: a objectiva da câmara de 48MP passa a ser de f/1.8, perde a estabilização óptica, e a câmara telefoto é substituída por um sensor de profundidade. A bateria emagrece para os 3750mAh (mantendo o SuperCharge), e isso também se faz sentir na espessura, de 7.87mm vs 8.44mm do Pro.

O Honor 20 vai ter um preço de 500 euros na Europa, e o Honor 20 Pro custará 600 euros. Durante a campanha de lançamento virá com um smartwatch Watch Magic de oferta (no valor de cerca de 200 euros).


P.S. Ainda falta esclarecer se a Honor irá ficar sujeita às mesmas restrições que a Huawei no acesso ao Android, ou se por ser uma "sub-marca" escapará a lista negra. Algo que até seria adequado, considerando que o próprio Trump recentemente disse publicamente que o problema para a má reputação do Boeing 737 Max seria simplesmente dar-lhe um novo nome. ;P

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]