2019/05/14

Vodafone com limite secreto de 400GB em tarifários "ilimitados" em Espanha


A Vodafone Espanha lançou recentemente uma série de tarifários "ilimitados", mas os clientes estão a descobrir que afinal o ilimitado tem um limite secreto de 400GB.

Parece que a Vodafone Espanha não aprendeu com o caso dos tarifários ilimitados com limites de alguns operadores portugueses, e também ela tentou vender gato por lebre - que neste caso corresponde a prometer dados ilimitados que, na realidade, não correspondem à verdade. Os novos tarifários ilimitados da Vodafone chamaram as atenções, prometendo os tais dados ilimitados mediante vários patamares de velocidade: por €40.99 os clientes teriam dados ilimitados a uma velocidade de 2Mbps; por €45.99 podiam aceder a 10Mbps; e por €49.99 a velocidade sem limites.

O problema é que... ao chegar aos 400GB de dados, os clientes recebem uma mensagem a indicar que estão a fazer um "uso abusivo" do tarifário, e vêm as suas velocidades reduzidas para valores que tornam o acesso à internet impraticável.


O problema é que embora o tarifário faça referência às "políticas de utilização razoável", em nenhum lado é feito qualquer referência a qualquer limite de dados. E, tratando-se de um tarifário que está a ser vendido como sendo "ilimitado", como é que se pode considerar que seja um "abuso" estar a tirar partido daquilo pelo qual se pagou?

A Vodafone Espanha tenta desviar a questão usando as tácticas do costume, dizendo que apenas uma percentagem muito reduzida dos clientes recebe atinge estes limites, e que o tarifário não foi concebido para fazer coisas como "vigilância vídeo a tempo inteiro, etc." E que os cliente "normais" nunca atingirão aquele limite. A questão é que, tal como por cá tanto lutamos: se o tarifário tem de facto um limite, não há como dar a volta à questão de que se trata de publicidade enganosa vender o tarifário como sendo "ilimitado".

8 comentários:

  1. portanto a questão será algo assim "ilimitado solo aplicável a clientes que usam a internet para escrever no mirc"

    ResponderEliminar
  2. Por aqui residencial sempre foi 500Gb, fiquei duas vezes a soro quando era nos. na altura andei a ver e sao normas europeias

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não são! Normas europeias? Treta. 19 anos de telecomunicações e posso dizer-lhe já que se trata de política da empresa. Parem de culpar as normas europeias pelas práticas desleais e truques de marketing das empresas.

      Eliminar
    2. São? Tenho Vodafone 400/100 e por mês atinjo 800/900GB de tráfego e não notei lentidão ou recebi qualquer aviso. Qual é o limite (PUR) deste tarifário?

      Eliminar
    3. Mas o que é que um serviço fixo tem a ver com o serviço móvel?

      O caso falado aqui são os tarifários móveis.

      Merda de notícia que nem faz a distinção dos serviços...

      Eliminar
    4. É irrelevante se móvel ou fixo. O que está em causa é venderem um serviço ilimitado que afinal tem limites.

      Já o tipo de linguagem utilizada nos comentários, é relevante e agradece-se um pouco de respeito por quem cá anda.

      Eliminar
  3. Vodafone no seu melhor, por acaso a fibra também não é grande coisa como pintam, numa central carregada o serviço é horrível a puxar o máximo sem parar. 700mb contra 850mb meo e 745 nos (fibra verdadeira)

    ResponderEliminar

[pub]