2019/06/29

Estudo detecta milhares de apps maliciosas na Play Store


A Google pode remover imensas apps maliciosas da Play Store do seu Android, mas infelizmente continuam a estar disponíveis milhares de apps indesejáveis que conseguem escapar à detecção automática.

Um estudo realizado ao longo de dois anos detectou milhares de apps maliciosas na Play Store da Google, distribuídas entre apps que contém malware, apps falsificadas que são cópias de outras apps populares, e outras que pedem permissões exageradas para as funções que dizem desempenhar.

O processo começou por analisar um milhão de apps recorrendo a ferramentas para detectar descrições e/ou icons idênticos aos das 10 mil apps mais populares da Play Store, tendo detectado cerca de 50 mil apps suspeitas. Estas foram sujeitas a análise usando o VirusTotal, resultando em 7246 apps imediatamente marcadas como maliciosas, e 2040 eram apps falsas e de alto-risco. Foram ainda detectadas mais de 1500 apps que pediam acesso a permissões exageradas, e cerca de 1400 apps com bibliotecas de publicidade de terceiros (que muitas vezes servem de porta de entrada para malware).

As apps detectadas já foram removidas da Play Store, mas fica a pergunta de como é que a Google permitirá a entrada de apps que são identificadas como malware pelo seu próprio serviço VirusTotal?

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]