2019/06/11

TVs OLED da LG com problema congénito de WiFi?


Os televisores OLED da LG são do melhor que se pode ter actualmente, mas há um problema com o WiFi que parece afectar um número significativo de utilizadores e que pode ser fonte de frustração.

Como feliz possuidor de um televisor OLED da LG de 65", só tenho coisas boas a dizer sobre a sua qualidade de imagem - a que dou bastante uso, diga-se, por conta das séries e filmes em 4K na Netflix e Amazon Prime Video. Infelizmente, este fim-de-semana tive também o primeiro contacto com um potencial problema congénito que tem estado a afectar muitos outros utilizadores com TVs OLED da LG.

Estava eu a ver um filme via streaming, quando a determinada altura a imagem pára sem qualquer explicação. A suspeita imediata era a de que se pudesse ter passado algo com a ligação à internet ou o WiFi, mas testes com o smartphone e PC indicavam que a ligação estava boa. Um salto ao menu para definição da rede no televisor começou por revelar as primeiras suspeitas mais preocupantes: a opção do WiFi estava desligada e tentar activá-la não tinha qualquer efeito, permanecendo desligada.

Outro sintoma estranho: o controlo remoto estava praticamente inutilizável, demorando longos segundos a registar os cliques nos botões (que tinham que ser feitos repetidamente), e não era possível utilizá-lo como airmouse, com o cursor no ecrã. Inicialmente pensei que até pudesse ser um problema de pilhas gastas, mas o problema persistiu mesmo com pilhas novas.

Como tinha um cabo ethernet ali ao lado, ligado ao amplificador AV, e para não causar mais desespero ao meu pequenito que queria ver o resto do filme, passei a ligação para ethernet e retomei o visionamento - mas continuando a matutar no que se estaria a passar. Embora em streaming as coisas funcionassem normalmente, a lentidão na reacção ao controlo remoto fez-me desde logo suspeitar que o "sistema" da TV estivesse repetidamente a tentar fazer algo e a ocupar recursos - suspeita que passadas mais algumas horas se veio a confirmar, com o surgimento de algumas mensagens em popup a dizer "Unkown device is disconnected" repetidamente e com frequência aleatória (umas vezes apareciam 5 ou 6 mensagens de forma seguida; outras vezes com minutos de intervalo).


Ora, aqui as coisas começavam a complicar-se. Se até poderia estar disposto a abdicar da ligação WiFi e usar a ligação Ethernet, e até a aturar um controlo remoto pouco responsivo, ter uma mensagem de popup a surgir no ecrã aleatoriamente, isso já não!


Nota adicional: ponto muito negativo para o facto de a LG não ter nenhuma forma simples ou imediata que permita fazer um reboot completo à TV. Mesmo desligando todos os modos de "quick boot" que encontrei, e desligando o televisor da tomada eléctrica, nunca consegui fazer com que o televisor fizesse um reiniciar completo do webOS - arrancava sempre directamente para uma sessão já pronta a funcionar. Custaria assim tanto ter uma opção para um reboot completo, ao lado da opção para fazer o reset de fábrica?


Nesta altura já andava a pesquisar na net por problemas de WiFi nos televisores LG, e qual não foi o meu espanto ao ver que este problema era afinal bastante comum. e causa para dezenas e dezenas de páginas de queixas em fórums espalhados pela internet, incluindo os da própria LG.

É certo que há muitos problemas relacionados com o WiFi que estão relacionados com problemas nos routers ou configurações, mas acabei por dar com um cujos sintomas coincidiam exactamente com os meus, e a causa era simples - embora preocupante: um cabo vincado / "traçado" a ligar a placa principal do televisor ao módulo WiFi!



Existem relatos de clientes que resolveram os seus problemas (temporariamente?) apenas por desligarem e ligarem a ficha do módulo WiFi, outros que "endireitaram" o cabo e o reforçaram com fita adesiva. Mas há também relatos de pessoas que tiveram que pagar centenas de euros por reparações fora da garantia; ou outras que já trocaram de módulo WiFi três e quatro vezes, apenas para ver o problema regressar passado alguns dias, ao ponto dos reparadores dizerem que já não poderão dar mais assistência - e deixando estas pessoas na ingrata situação de ter um televisor dispendioso no qual não podem utilizar o WiFi.

Há pessoas que estão a recorrer a módulos WiFi comprados na internet e a fazerem a reparação elas mesmas; outras que se contentam em desligar o módulo para deixarem de ver as mensagens intermitentes de hardware desconhecido (e que também resolve o problema do controlo remoto lento, causando pelo sistema tentar repetidamente detectar e inicializar o módulo WiFi sem sucesso). Mas, o mais grave no meio de tudo isto é que a LG parece continuar em silêncio perante este problema que está mais que comprovado e vai sendo conhecido por um número cada vez maior de clientes.

Será ridículo deixar que um cabo traçado devido a uma montagem apressada ou descuidada estrague a reputação de uma marca / televisores tão apreciados. A LG deveria proactivamente anunciar que este é um problema conhecido e disponibilizar um processo de reparação oficial para todos os televisores afectados.

Até lá... se tiverem um televisor OLED da LG e ficarem sem ligação WiFi... já sabem do que se trata.


P.S. No dia seguinte, quando já me preparava para remover o painel traseiro e verificar o cabo e ficha do módulo WiFi, o televisor já tinha começado a detectar o WiFi correctamente. Vamos lá ver se se aguenta mais uns tempos...

7 comentários:

  1. Esse problema que teve faz-me lembrar que cada vez mais os produtos electrónicos são fabricados com o intuito de ter um prazo de validade reduzido. Antes era normal uma televisão durar 10, 15 ou mais anos e agora chegamos ao ponto de as TVs novas durarem 2 ou 3 anos e por vezes com problemas pelo meio, já para não falar de ficarem desactualizadas. A obsolescência programada aliada ao facto das marcas, por exemplo de TVs terem um sem número de modelos diferentes (às vezes não tanto assim) e todos os anos com novas versões deixa o consumidor numa árdua tarefa de decidir por qual TV obter...

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Nada de novo debaixo do Sol...

    ...para quem tem uma televisão Philips. :(

    ResponderEliminar
  4. E eu a ponderar uma LG de 65" num futuro mesmo muito próximo...

    ResponderEliminar
  5. Problemas com o Wi-Fi nas LG não é só nas OLED.
    Tenho uma LG 43UK6200PLA que supostamente suporta Wi-Fi ac, posicionada praticamente ao lado do router, mas em que ver conteúdos por streaming (IPTV, YouTube) ligado à rede 5GHz é inconcebível pelas pausas que faz. Muitas das vezes nem consegue ligação. Descobri que usar a rede 2,4GHz melhora bastante, mas mesmo assim, nunca algo 100% estável.
    Tentando com smartphones ou portáteis na mesma divisão e até mais longe do router, todos eles conseguem fazer o streaming normalmente e atingir a velocidade máxima de download (200mbps).
    Como tenho o cabo de ethernet liado à box da MEO, experimentei ligar o cabo à TV e fazer o teste e acabaram-se os "engasganços".
    Por isso é problema do módulo de Wi-Fi da TV, em que o suporte aos 5GHz é só para parecer bonito. :)

    ResponderEliminar
  6. Hmm. Como liguei logo por cabo nunca sofri.

    ResponderEliminar

[pub]