2019/06/11

TVs OLED da LG com problema congénito de WiFi?


Os televisores OLED da LG são do melhor que se pode ter actualmente, mas há um problema com o WiFi que parece afectar um número significativo de utilizadores e que pode ser fonte de frustração.

Como feliz possuidor de um televisor OLED da LG de 65", só tenho coisas boas a dizer sobre a sua qualidade de imagem - a que dou bastante uso, diga-se, por conta das séries e filmes em 4K na Netflix e Amazon Prime Video. Infelizmente, este fim-de-semana tive também o primeiro contacto com um potencial problema congénito que tem estado a afectar muitos outros utilizadores com TVs OLED da LG.

Estava eu a ver um filme via streaming, quando a determinada altura a imagem pára sem qualquer explicação. A suspeita imediata era a de que se pudesse ter passado algo com a ligação à internet ou o WiFi, mas testes com o smartphone e PC indicavam que a ligação estava boa. Um salto ao menu para definição da rede no televisor começou por revelar as primeiras suspeitas mais preocupantes: a opção do WiFi estava desligada e tentar activá-la não tinha qualquer efeito, permanecendo desligada.

Outro sintoma estranho: o controlo remoto estava praticamente inutilizável, demorando longos segundos a registar os cliques nos botões (que tinham que ser feitos repetidamente), e não era possível utilizá-lo como airmouse, com o cursor no ecrã. Inicialmente pensei que até pudesse ser um problema de pilhas gastas, mas o problema persistiu mesmo com pilhas novas.

Como tinha um cabo ethernet ali ao lado, ligado ao amplificador AV, e para não causar mais desespero ao meu pequenito que queria ver o resto do filme, passei a ligação para ethernet e retomei o visionamento - mas continuando a matutar no que se estaria a passar. Embora em streaming as coisas funcionassem normalmente, a lentidão na reacção ao controlo remoto fez-me desde logo suspeitar que o "sistema" da TV estivesse repetidamente a tentar fazer algo e a ocupar recursos - suspeita que passadas mais algumas horas se veio a confirmar, com o surgimento de algumas mensagens em popup a dizer "Unkown device is disconnected" repetidamente e com frequência aleatória (umas vezes apareciam 5 ou 6 mensagens de forma seguida; outras vezes com minutos de intervalo).


Ora, aqui as coisas começavam a complicar-se. Se até poderia estar disposto a abdicar da ligação WiFi e usar a ligação Ethernet, e até a aturar um controlo remoto pouco responsivo, ter uma mensagem de popup a surgir no ecrã aleatoriamente, isso já não!


Nota adicional: ponto muito negativo para o facto de a LG não ter nenhuma forma simples ou imediata que permita fazer um reboot completo à TV. Mesmo desligando todos os modos de "quick boot" que encontrei, e desligando o televisor da tomada eléctrica, nunca consegui fazer com que o televisor fizesse um reiniciar completo do webOS - arrancava sempre directamente para uma sessão já pronta a funcionar. Custaria assim tanto ter uma opção para um reboot completo, ao lado da opção para fazer o reset de fábrica?


Nesta altura já andava a pesquisar na net por problemas de WiFi nos televisores LG, e qual não foi o meu espanto ao ver que este problema era afinal bastante comum. e causa para dezenas e dezenas de páginas de queixas em fórums espalhados pela internet, incluindo os da própria LG.

É certo que há muitos problemas relacionados com o WiFi que estão relacionados com problemas nos routers ou configurações, mas acabei por dar com um cujos sintomas coincidiam exactamente com os meus, e a causa era simples - embora preocupante: um cabo vincado / "traçado" a ligar a placa principal do televisor ao módulo WiFi!



Existem relatos de clientes que resolveram os seus problemas (temporariamente?) apenas por desligarem e ligarem a ficha do módulo WiFi, outros que "endireitaram" o cabo e o reforçaram com fita adesiva. Mas há também relatos de pessoas que tiveram que pagar centenas de euros por reparações fora da garantia; ou outras que já trocaram de módulo WiFi três e quatro vezes, apenas para ver o problema regressar passado alguns dias, ao ponto dos reparadores dizerem que já não poderão dar mais assistência - e deixando estas pessoas na ingrata situação de ter um televisor dispendioso no qual não podem utilizar o WiFi.

Há pessoas que estão a recorrer a módulos WiFi comprados na internet e a fazerem a reparação elas mesmas; outras que se contentam em desligar o módulo para deixarem de ver as mensagens intermitentes de hardware desconhecido (e que também resolve o problema do controlo remoto lento, causando pelo sistema tentar repetidamente detectar e inicializar o módulo WiFi sem sucesso). Mas, o mais grave no meio de tudo isto é que a LG parece continuar em silêncio perante este problema que está mais que comprovado e vai sendo conhecido por um número cada vez maior de clientes.

Será ridículo deixar que um cabo traçado devido a uma montagem apressada ou descuidada estrague a reputação de uma marca / televisores tão apreciados. A LG deveria proactivamente anunciar que este é um problema conhecido e disponibilizar um processo de reparação oficial para todos os televisores afectados.

Até lá... se tiverem um televisor OLED da LG e ficarem sem ligação WiFi... já sabem do que se trata.


P.S. No dia seguinte, quando já me preparava para remover o painel traseiro e verificar o cabo e ficha do módulo WiFi, o televisor já tinha começado a detectar o WiFi correctamente. Vamos lá ver se se aguenta mais uns tempos...

8 comentários:

  1. Esse problema que teve faz-me lembrar que cada vez mais os produtos electrónicos são fabricados com o intuito de ter um prazo de validade reduzido. Antes era normal uma televisão durar 10, 15 ou mais anos e agora chegamos ao ponto de as TVs novas durarem 2 ou 3 anos e por vezes com problemas pelo meio, já para não falar de ficarem desactualizadas. A obsolescência programada aliada ao facto das marcas, por exemplo de TVs terem um sem número de modelos diferentes (às vezes não tanto assim) e todos os anos com novas versões deixa o consumidor numa árdua tarefa de decidir por qual TV obter...

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Compre uma Sony e seja feliz

    ResponderEliminar
  4. Nada de novo debaixo do Sol...

    ...para quem tem uma televisão Philips. :(

    ResponderEliminar
  5. E eu a ponderar uma LG de 65" num futuro mesmo muito próximo...

    ResponderEliminar
  6. Problemas com o Wi-Fi nas LG não é só nas OLED.
    Tenho uma LG 43UK6200PLA que supostamente suporta Wi-Fi ac, posicionada praticamente ao lado do router, mas em que ver conteúdos por streaming (IPTV, YouTube) ligado à rede 5GHz é inconcebível pelas pausas que faz. Muitas das vezes nem consegue ligação. Descobri que usar a rede 2,4GHz melhora bastante, mas mesmo assim, nunca algo 100% estável.
    Tentando com smartphones ou portáteis na mesma divisão e até mais longe do router, todos eles conseguem fazer o streaming normalmente e atingir a velocidade máxima de download (200mbps).
    Como tenho o cabo de ethernet liado à box da MEO, experimentei ligar o cabo à TV e fazer o teste e acabaram-se os "engasganços".
    Por isso é problema do módulo de Wi-Fi da TV, em que o suporte aos 5GHz é só para parecer bonito. :)

    ResponderEliminar
  7. Hmm. Como liguei logo por cabo nunca sofri.

    ResponderEliminar
  8. Aqui uma Panasonic FX-
    740 com a mesma cena que se resolve usando o 2.4Ghz acho que isso deve ser um módulo genérico.

    ResponderEliminar

[pub]