2019/07/31

Google renova Android Auto e prepara o seu fim nos smartphones


A utilização do smartphone no automóvel é cada vez mais desejável, e a Google acaba de melhorar o seu Android Auto para esse fim. Por outro lado, o Android Auto nos smartphones deverá em breve dar lugar ao Google Assistant.

Por mais avançado que seja o sistema multimédia de um automóvel, bem sabemos que bastará um par de anos até que fique completamente desactualizado. Por isso faz todo o sentido que essas funções possam ser "transferidas" para os smartphones, que vamos trocando e mantendo actualizados de forma mais regular, e que em teoria permitiram ter um carro sempre actualizado nessa área. É esse o intuito do Android Auto (e CarPlay da Apple).

O Android Auto sofreu mais uma ronda de actualizações, ficando ainda melhor e mais prático de utilizar. Mas infelizmente, a Google parece estar a afastar-se da possibilidade de se poder utilizar este modo directamente no smartphone, para quem não tiver um carro compatível com Android Auto (ou não quiser pagar uma anuidade abusiva). Em vez disso, a aposta da Google para os smartphones nos carros é o novo "driving mode" do Google Assistant.


[Android Auto no smartphone vs Driving Mode do Google Assistant]



A aposta no Google Assistant para uma maior interacção por voz é interessante - e desejada - mas por outro lado não sei até que ponto isso será um substituto de se poder manter o funcionamento do Android Auto no ecrã de um smartphone ou tablet. Isto, na vertente de haver pessoas que preferissem usar um smartphone ou tablet montado no seu carro exclusivamente para esse fim, como forma de não ficarem presos aos sistemas ultrapassados dos seus veículos ao final de meia-dúzia de anos - mesmo que a Google aplicasse certas restrições, como só funcionar com o ecrã em modo horizontal.

Por agora, temos que esperar que a Google mande cá para fora o driving mode do Google Assistant; e que o Android Auto passe a estar disponível de origem em todos os automóveis, sem que isso seja utilizado como oportunidade para esvaziar ainda mais o bolso dos consumidores.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]