2019/07/04

YouTube proíbe vídeos de hacking


O YouTube volta a estar no centro da polémica da moderação de conteúdos, tendo adicionado vídeos que ensinem a fazer "hacking" à lista de conteúdos proibidos.

Recorrer ao YouTube para encontrar vídeos que demonstrem como ultrapassar restrições ou sistemas de segurança dos mais variados produtos vai passar a ser mais complicado, já que a plataforma clarificou que na lista de conteúdos proibidos se passam a enquadrar vídeos que expliquem como fazer hacking para ultrapassar sistemas de segurança.


Pensava-se que uma das primeiras vítimas teria sido o canal de hacking Null Bytes, que foi encerrado, mas que depois de uma forte contestação voltou a ficar disponível, com o YouTube a dizer que não tinha passado de um erro.



O YouTube diz que há excepções para que se possam publicar conteúdos que normalmente não seriam permitidos, no caso de terem um propósito "educativo, documental, científico ou artístico". Parece-me que será bastante complicado classificar muitos dos vídeos de acordo com estas categorias, já que será bastante discutível se um vídeo que "educa" um utilizador a fazer o hack de um produto seu também poderá ser considerado um vídeo que ensina criminosos a ultrapassar eventuais sistemas de segurança para efeitos menos recomendáveis. Então... em que ficamos?

6 comentários:

  1. Quel é a melhor alternativa ao youtube nos dias que correm?

    ResponderEliminar
  2. João tens razão.
    No futuro acho que ainda vamos ver uma duck duck video a surgir.
    Volto a reforçar que a Google tem uma atitude cada vez mais proxima da MS de a uns anos atrás. (completamente desligada da realidade e das necessidades)

    ResponderEliminar
  3. Vá lá que não proibiram os vídeos de gatos porque ficavam só as teorias da conspiração e as energias infinitas

    ResponderEliminar

[pub]