2019/08/15

Galaxy Note 10 com UFS 3.0 e F2FS mais rápido que OnePlus 7 Pro


Com o Galaxy Note 10 a Samsung consegue atingir um novo patamar no desempenho do seu sistema de armazenamento UFS 3.0, tirando partido do sistema de ficheiros F2FS que lhe permite superar a concorrência.

Existia bastante curiosidade sobre como se comportaria a memória flash do Galaxy Note 10, uma vez que, com o adiamento do Galaxy Fold, este acaba por ser o primeiro modelo da marca com UFS 3.0 a chegar efectivamente ao mercado. Ainda assim, os testes feitos nas unidades de pré-lançamento do Fold apresentaram resultados que eram bastante próximos dos atingidos pelo OnePlus 7 Pro, também com UFS 3.0, e era isso que se esperava para o mais recente Galaxy Note 10... mas a Samsung tinha guardado um trunfo na manga.

Enquanto no Galaxy Fold e OnePlus 7 Pro estamos perante valores na casa dos 1470MB/s e 400MB/s em leitura e escrita sequencial; e 150-180MB/s e 30MB/s em leituras e escritas aleatórias; no Galaxy Note 10 esses valores passam para 1570MB/s e 591MB/s; e 179MB/s e 201MB/s(!) respectivamente. E este último resultado, que dá o maior salto, confirma-se também na operações SQLite, que praticamente duplicam: 5495 QPS, 6746 QPS e 8879 QPS (insert, update, delete) face aos 2449, 3518, e 4201 do Galaxy Fold.

Estas melhorias não terão sido obtidas por alterações nas memórias flash, mas sim pela troca do sistema de ficheiros do habitual EXT4 para o F2FS, concebido de raiz para ser utilizado com memórias flash / SSDs (e que já utilizamos como forma de melhorar o desempenho nos velhinhos Nexus 7).

Vamos ver se com a aplicação do F2FS no mais recente topo-de-gama da Samsung, haverá mais fabricantes a seguirem o exemplo.

Actualização: A Samsung também está a utilizar F2FS no Galaxy Tab S6, e espera-se que também o faça para o re-lançamento do Galaxy Fold.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]