2019/08/11

Lembretes da Google passam para o Google Assistant


A Google parece não ter aprendido com os erros do Google+, e volta a recorrer à força para obrigar os utilizadores a darem uso ao Google Assistant caso queiram aceder aos "lembretes".

Os "reminders" da Google permitiam definir lembretes para determinadas datas, ou locais; mas agora passam a estar acessíveis apenas através do Google Assistant - desaparecendo para quem não tiver acesso ao mesmo (por exemplo, se estiver a utilizar uma língua onde não esteja disponível).



Como se isso não fosse suficientemente mau (será ridículo estar a restringir o acesso a uma funcionalidade básica como a dos lembretes), a implementação nem sequer parece estar em condições de ser lançada. Por exemplo, a criação de um lembrete para determinado local não está acessível via criação manual do lembrete, sendo apenas possível via criação do evento por voz: e mesmo se se quiser alterar o local de um lembrete já criado, terá também que ser feito via voz (dizendo "change the location").

É de imaginar que a Google ainda esteja em processo de remodelação dos "reminders"... mas aquilo que se pode ver por agora já será suficientemente preocupante para antecipar que mais funcionalidades possam começar a ser associadas de forma exclusiva ao Google Assistant. Imaginem o que seria se para definir algo como um alarme, também só o pudessem fazer via Google Assistant em vez da app do relógio?

4 comentários:

  1. Se há uns tempos andava toda a gente a suspirar por aparelhos Google com Android não adulterado pelos fabricantes, hoje em dia o caso é precisamente o oposto.

    Cada vez mais me vejo na situação de evitar os serviços da Google por nunca saber se vão existir para sempre, ou se algum engenheiro da Google acorda do lado errado da cama e decida acabar com um serviço deles que me habitue a usar.

    Neste momento tenho mais confiança em usar serviços dos OEMs como a Samsung ou Huawei do que da própria Google. Até a Microsoft é mais constante nas suas ofertas para Android.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Disse tudo. Mantenho um HD com as minhas fotos, gerido por Lightroom, por não confiar na Google (Google photos). Infelizmente confiei ao ponto de o meu e-mail oficial ser um @gmail.com. Mas nada que um reencaminhamento não resolva.

      Eliminar
  2. Bizarro a todos os níveis.
    Isto também afeta o calendário Google?

    ResponderEliminar
  3. Enfim, desde a morte do google reader... ou passando pelo google talk que funcionava bastante melhor que o hangouts.

    ResponderEliminar

[pub]