2019/08/01

Mapas da Apple no iOS 13 vão dar luta ao Google Maps


Os mapas da Apple foram motivo de grande embaraço quando a Apple decidiu deixar de usar o Google Maps no iOS, mas com a chegada do iOS 13 a Apple parece estar empenhada em mostrar que aprendeu a lição.

Estávamos em 2012 quando o desastre do Apple Maps se deu com o lançamento do iOS 6. Os mapas eram simplesmente maus, e não ajudava que a referência anterior fossem os mapas da Google. Embora a Apple tenha feito melhorias ao longo dos anos, é com a chegada do iOS 13 que os Apple Maps dão o salto para uma nova era... que irá fazer com que até a Google deva ficar preocupada.

Os mapas da Apple no iOS 13 estão muito melhores, e nem sequer falta o "Street View" da Apple que, na sua melhor tradição, são implementados de forma muito mais fluida que o Street View da Google (mais uma vez, faz lembrar o que se passou com a fluidez dos mapas durante a navegação, que durante anos se mantiveram com framerate lastimável, até a Apple relembrar que não havia necessidade disso).


Numa análise "a olho", parece-me que esta fluidez do "Look Around" dos Apple Maps está a ser conseguido apenas por intermédio de processamento / distorção das imagens; o que seria uma verdadeira chapada de luva branca da Apple à Google, pois a Google há muito que também tem esse estilo de processamento - no Motion Still, por exemplo - mas tem deixado o Street View como sempre esteve (talvez por, até agora, não ter havido concorrência).


Mas as melhorias não se ficam por aqui. Para além da própria qualidade e detalhe dos mapas, que rivalizam e até superam com o Google Maps, são muito mais práticos e eficientes de usar.


Por exemplo, não só podemos definir destinos favoritos - agora facilmente acessíveis - como podemos especificar, para cada um deles, com que pessoas queremos partilhar a viagem para esses destinos. Por exemplo, para o destino casa, podemos dizer que queremos partilhar a viagem com a esposa - ou no caso dos filhos, com os pais. Ou, caso o destino seja um ginásio ou café, podem fazê-lo para os amigos "do costume". Essas pessoas recebem informação de quando irão chegar, e também o trajecto que estão a fazer.

É um verdadeiro salto gigante que a Apple está a dar nos mapas, e isso será bom para todos. Não só para os utilizadores Apple, como também, de forma indirecta, para os do Google Maps, já que a Google terá que começar a acelerar o passo nas melhorias do Google Maps. Nada como um pouco de concorrência salutar para todos ficarem a ganhar.

2 comentários:

  1. Era giro que estivessem disponíveis em qualquer browser ou que fizessem uma app para Android (afinal de contas o Apple Music existe para Android).

    ResponderEliminar
  2. Se funcionar como na imagem, parabéns à Apple.

    Também tenho visto, com força, viaturas do Here Maps (que foi adquirido por um consórcio de marcas automóveis). Não sei se aí andam apenas para mapeamento visando a condução autónoma, mas gostava de vê-los outra vez na ribalta...

    ResponderEliminar

[pub]