2019/08/07

Samsung apresenta Galaxy Note 10 e 10+


A Samsung já revelou oficialmente o seu novo Galaxy Note 10, que chega em versão dupla, demonstrando a evolução dos tempos e fazendo com que este smartphone, ganhe uma versão ainda maior: o Note 10+.

O Galaxy Note 10 / 10+



O estilete está de volta e desta vez, regressa em dose dupla, com a Samsung a apostar não em um, mas sim em dois novos smartphones Note, procurando desta forma alargar a sua oferta para os fãs da S-Pen. Os Note 10 e Note 10+ partilham entre si algumas características, mas acabam por ser equipamentos distintos. Existem algumas diferenças nas dimensões e design dos dois smartphones. O Note 10 é bem mais compacto, quase não parecendo um phablet, com 71,8 x 151,0 x 7,9mm e 168g. Já o Note 10+ apresenta dimensões um pouco maiores, com 77,2 x 162,3 x 7,9mm e 196g.



Estas dimensões têm impacto directo no ecrã, com o Note 10 a vir equipado com um AMOLED Infinity-O HDRIO+ de 6.3" (resolução 2280x1080 - 401ppi), ao passo que o Note 10 +, tem um ecrã com 6.8" (3040x1440 - 498ppi). Trata-se de apenas meia polegada mas é o suficiente para permitir a apresentação de mais conteúdo, o que poderá ser uma vantagem para quem não se importa de ter um smartphone um pouco mais comprido, já que a largura pouco difere com os 5.4mm a quase nem se fazerem notar.


Esta situação deve-se em parte ao acabamento lateral, com o vidro traseiro do Note 10 + a ter um acabamento arredondado nas margens laterais, que o torna bastante mais confortável na mão do utilizador.

A bateria é um dos elementos que também acaba por sair beneficiado com o aumento das dimensões do smartphone. O Note 10 tem uma bateria de 3500mAh, o Note 10+ ganha 800mAh extra, apresentando uma bateria de 4300mAh. Ambos os modelos suportam carregamento rápido até 45W, que segundo a marca garante carga para um dia em apenas 30 minutos. Caso pretendam usufruir desta funcionalidade terão de comprar um carregador adicional, pois o carregador que acompanha o Note 10 não apresenta esta capacidade de carregamento rápido.




A versão "Europeia" recebe mais uma vez um processador Exynos, o Exynos 9825, um octa-core produzido com uma tecnologia de 7nm. Segundo a Samsung, quando comparado com o anterior modelo, o novo Exynos é 33% mais rápido nos cálculos do CPU e 42% no GPU, algo que poderá ajudar a esquecer o Snapdragon 855 que vai estar disponível do outro lado do Atlântico.




Em termos de câmaras, a aposta da Samsung vem na linha do apresentado na série Galaxy S10, com os dois smartphones a partilharem um conjunto triplo de câmaras, que no caso do Note 10+ recebe um upgrade, com um quarto sensor. O Note 10 tem um sensor Ultra Wide: 16MP f/2.2 (123º), outro Wide-angle: 12MP 2PD AF f/l.5-F2.4 OIS (77º) e um terceiro Telephoto: 12MP f/2.1 OIS (45 º). O Note 10+, além destes, apresenta uma câmara 3D TOF VGA DepthVision f/l.4 (72º). A câmara frontal é igual nos dois modelos, com a Samsung a apostar num "furo" para alojar o sensor com 12MP 2PD AF f/2.2 (80º).
A Samsung reforça a sua aposta no vídeo, apresentando duas funcionalidades interessantes. É possível filmar com o fundo desfocado, havendo várias opções disponíveis, com os resultados na sessão de testes que efectuámos a serem muito interessantes. Destaque ainda para a possibilidade de isolar o som de um vídeo, através da função de zoom, com o som a ficar restringido à área focada, algo que será muito útil em apresentações ou locais muito movimentados.




Para que tal seja possível, a Samsung instalou um microfone junto da câmara traseira, que tem como objectivo captar o som da área a filmar.

No que diz respeito a sensores, os dois novos Note 10 apresentam acelerómetro, barómetero, sensor de impressão digital ultrasónico sob o ecrã, sensores giroscópio, geomagnético, hall e proximidade. A S-Pen tem um sensor de 6 eixos com giroscópio e aceleração.

Em termos de conectividade, há mais uma vez partilha de especificações, com Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac/ax (2.4/5GHz), VHT80 MU-MIMO, 1024QAM até 12Gbps Download/Upload, Bluetooth v5.0, ANT+, USB Type-C, NFC e localização (GPS, Galileo e Glonass). A ficha de headphone de 3.5mm deixa de fazer parte das opções disponíveis nos novos Note 10 e a utilização de um cartão microSD, está limitada ao Note 10+.

Corre, como esperado, Android 9 Pie e apresenta a já conhecida interface One UI, agora na versão 1.5, cada vez mais polida e leve, como se deseja. O reconhecimento de escrita é um dos destaques, mas os resultados, pelo que foi possível observar, são ainda mistos, ficando por vezes aquém do desejável.




A S-Pen ganha também novas funcionalidades. Para além de permitir tirar fotografias, passa agora a ser possível alterar o modo de captura, mudar de câmara e ainda fazer zoom, isto através da execução de gestos.



A escolha das cores foi particularmente feliz, com o rosa e o prateado a constituírem-se como opções visualmente bem conseguidas, que no entanto não vão conseguir disfarçar o impacto das dedadas no vidro. O Note 10 vai estar disponível em preto, rosa e prateado, cores que recebem "Aura" na designação, para tornar a coisa mais pomposa. O Note 10 + com 256GB estará disponível em preto e branco (aura...) e a versão com 512GB, apenas em prateado.

No que diz respeito a preços, o Note 10 tem um PVP recomendado de 979€, com o Note 10+ a aparecer num intervalo de preço um pouco acima, com os 256GB de armazenamento a custarem 1129€ e os 512GB a subirem para os 1229€. A chegada ao mercado, está prevista para 23 de Agosto.

A terminar, os nossos agradecimentos à Samsung Portugal, que nos permitiu contactar em primeira mão com os novos smartphones da série Note 10.


Galeria de imagens






4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Bem que estava para comprar o Note 10+ com os 512GB de armazenamento, mas infelizmente detesto a única cor escolhida para essa versão: prateado aura, bem como a cor da caneta: azul. Tudo em preto estava perfeito! Não entendo o motivo para tal limitação...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querem ser tão hipsters que acabam por limitar a escolha daqueles que como nós gosta do velho e tradicional preto...

      Eliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar

[pub]