2019/09/30

Alemanha encerra CyberBunker alojado em ex-bunker da NATO


As defesas físicas daquele que seria um dos mais seguros data-centers do mundo - o CyberBunker - não foram suficientes para impedir o seu encerramento por parte das autoridades germânicas.

O CyberBunker estava alojado num antigo bunker da NATO e especializava-se em fornecer o suporte físico a actividades ilegais na internet. O bunker tinha sido comprado em 2013 e transformado num data-center de alta-segurança, desde logo ficando associado a relações com o crime organizado. Com mais de 200 servidores, este Cyberbunker servia de alojamento a sites de venda de drogas, equipamentos de espionagem ilegais, dinheiro falso, e também a sites de pornografia infantil.

Mesmo com toda a sua protecção de nível militar, não conseguiu evitar que um raid envolvendo mais de 600 agentes acabasse por entrar nas instalações e apoderar-se de todo o seu conteúdo - embora suspeite que alguém especializado neste tipo de actividades tenha medidas de defesa adicionais, como encriptação dos dados, e até sistemas de auto-destruição dos dados para este tipo de eventualidades; digo eu.

O caso acaba por ser curioso por nos relembrar que as entidades etéreas que conhecemos do mundo online e das "clouds" continuam a estar dependentes de uma estrutura física onde estão alojadas. Pelo menos, assim vai sendo... até que se comecem a popularizar plataformas verdadeiramente distribuídas que sejam bastante mais resilientes a este tipo de encerramentos.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]