2019/09/10

Apple apresenta iPhone 11 / Pro / Pro Max


A Apple revelou os seus novos iPhones 11, que pela primeira vez estreiam a linha "Pro" nos iPhones, com câmara tripla e traseira em vidro esculpido.

A apresentação dos iPhone limitou-se a confirmar a maioria dos rumores que circularam nas semanas / meses anteriores. O iPhone XS / XS Max dá lugar ao iPhone 11 Pro / Pro Max (5.8" / 6.5"), enquanto que o iPhone XR passa a dar lugar ao iPhone 11. O iPhone 11 mantém um sistema de câmara dupla (normal e grande angular), enquanto os Pro vêm equipados com câmara tripla, ganhando uma amplitude visual de 0.5X, 1X e 2X, todas com sensor de 12MP e estabilização óptica (excepto na ultrawide).



Desta vez a Apple investiu também num modo nocturno mais poderoso, em resposta ao Night Sight da Google, e na fotografia computacional com o seu "Deep Fusion" tirando partido de até 9 capturas feitas automaticamente, para melhorar a qualidade e luminosidade das fotos. Usando-se apps como o Filmic Pro, será até possível gravar até as quatro câmaras (incluindo a frontal) em simultâneo, em 4K.



O ecrã OLED foi melhorado, com brilho até 1200 nits e maior densidade de pixeis, num salto que a Apple diz justificar uma nova designação: o Super Retina XDR. E a Apple diz que utiliza o vidro mais resistente de sempre num smartphone (algo que rapidamente irá ser posto à prova).

[novidades iPhone 11 Pro]

[novidades iPhone 11]

O novo chip A13 Bionic é também o mais rápido e eficiente de sempre, e terá tido papel fundamental para fazer com que o 11 Pro consiga aguentar até mais 4 horas que o iPhone XS, e o 11 Pro Max até mais 5 horas que o XS Max. Sem direito a grandes detalhes, foi também referido que o Face ID é mais rápido e tem mais ângulo de captação; e que os Pro virão com um carregador de 18W.



O iPhone 11 começará nos $699, o iPhone 11 Pro nos $999 e o 11 Pro Max nos $1099. Os iPhone 8 e XR continuarão a ser vendidos, por $449 e $599, para complementar a gama.

As encomendas arrancam já na próxima sexta-feira (dia 13 - parece que a Apple não é supersticiosa), com as entregas a começarem na sexta-feira seguinte, dia 20.




Entre as ausências: a Apple não fez qualquer referência às tags de localização que se pensava que iriam ter direito a destaque. Esperemos que não lhes venha a acontecer o mesmo que ao AirPower de carregamento wireless. ;P

Actualização: preços em Portugal.

6 comentários:

  1. Os preços divulgados no site da Apple roçam o ridículo! Esta gente anda a fumar umas coisas estranhas. 999$ nos “states” converte-se em 1179€! Mas o que é isto?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os preços divulgados no site da Apple não incluem o imposto o qual varia de estado para estado. Na grande maioria dos estados, esse imposto é menos de metade do nosso. No checkout ao introduzir o ZIP CODE, aparece o valor de imposto que é adicionado ao preço base.

      Eliminar
    2. Obrigado pelo esclarecimento. Não obstante o preço é um exagero descomunal...

      Eliminar
  2. Lol e o Android a passar as palhetas... Com esse preço ...

    ResponderEliminar
  3. uma compra muito mas muito dificil de justificar

    ResponderEliminar

[pub]