2019/09/23

EaseUS Data Recovery Wizard


Os backups são algo a que normalmente só se dá valor depois do azar ter batido à porta, mas mesmo nesses casos há uma última esperança que poderá evitar a tragédia: software de recuperação de dados, como o Data Recovery Wizard da EaseUS.

A EaseUS é uma empresa que dispensa apresentações, com grande historial em ferramentas de gestão de discos, backups, e recuperação de dados. O Data Recovery Wizard é um dos seus programas mais populares, destinado - como o nome indica - à recuperação de arquivos que tiverem sido eliminados por um qualquer motivo e ficaram aquém das capacidades de recuperação do caixote da reciclagem do Windows.

O Data Recovery Wizard é indicado para recuperar ficheiros que tiverem sido eliminados por engano, ou também em casos mais "desastrosos" como a eliminação de partições. No ecrã inicial é possível escolher o disco / partição sobre o qual se pretende fazer a recuperação de dados, podendo também especificar-se uma localização no caso de se saber exactamente o que se queria recuperar, para acelerar o processo de "scan" (Desktop, caixote de reciclagem, uma uma pasta específica).

Depois é esperar para que a primeira fase do processo de recuperar arquivos eliminados seja concluído.


No final, o programa apresenta todos os ficheiros que conseguiu descobrir, classificados por tipos de ficheiro ou por localização. Por exemplo, no caso de se tratar de um desastre que apagou todas as nossas fotos de família, podemos ir directamente ao grupo dos JPEG, onde, se tudo correr bem, continuarão acessíveis todas as fotos "perdidas".

Num teste que fizemos, eliminando várias pastas com fotos, foi possível recuperá-las todas através do Data Recovery Wizard.


É preciso ter em conta que quando se faz um processo de recuperação de dados, será conveniente ter outro disco (ou pen USB com capacidade suficiente) para se recuperarem os dados - já que o mero acto de os gravar para o próprio disco poderá comprometer o processo de os recuperar.

Acima de tudo, importa relembrar que, por causa deste tipo de acidentes - ou outras ameaças, como avarias de discos, ou ransomware - o ideal será prevenir e ter uma política de backups que não nos faça desesperar quando este tipo de coisas acontece. Mas, sabendo-se que nem sempre as coisas correm como se gostaria, não custa recorrer a este tipo de programas quando não há mais nada a fazer.

10 comentários:

  1. já testei e não gostei, perdi tempo, foram dias de analise para depois não conseguir recuperar, a seguir usei o ontrack easyrecovery toolkit e em 48horas tinha tudo recuperado nas respectivas pastas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. obrigado. tenho um raw para recuperar também. experimentaste o active@ file recovery?

      Eliminar
  2. Eu prefiro usar o FileScavenger. Já safou várias situações.

    ResponderEliminar
  3. Carlos, estamos em Portugal.
    Por cá diz-se "ficheiros".
    No outro lado do Atlântico, aí sim, faz sentido dizer arquivos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fiquei contagiado pelo facto do site deles estar em BR. :)

      Eliminar
    2. Tanto faz amigo, o idioma é o mesmo

      Eliminar
    3. Concordo. O idioma é o mesmo, embora os hábitos e as escolhas de vocabulário tenham diferido um nadinha.
      Por exemplo: Não me faz mal nenhum usar programas informáticos brasileiros, mesmo considerando que terei que clicar muitas vezes no botão de "salvar" e depois escolher "arquivos" em vez de ficheiros.

      Mas vá, como este blogue é português, pareceu-me pertinente fazer o reparo, embora pessoalmente não me prejudique o enxergo se saborearmos um pouco da perspetiva tupi.

      Eliminar
  4. E para DVD's antigos? Alguém tem alguma solução? Tenho milhares de fotos em DVD's sem nenhum risco e bem acondicionados que não consigo abrir!! Maldita moda dos DVD's!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na altura, era o melhor que havia... Infelizmente, CDs e DVDs gravados, vão-se "esfumando" (nos mais baratos, ficam completamente transparentes!) Também já mandei centenas de CDs para o lixo, sem hipótese de recuperação.

      Eliminar

[pub]