2019/10/23

Mazda entra nos eléctricos com o MX-30 com portas à RX-8


Também a Mazda se junta ao grupo de fabricantes automóveis que começa timidamente a transição para os veículos 100% eléctricos, anunciando o seu MX-30, com curiosas portas à RX-8.

O Mazda MX-30 chega com um design interessante, e onde o principal factor diferenciador são as suas portas. As portas traseiras abrem em sentido contrário ao habitual, dispensando a presença do pilar central - tal como acontecia no RX-8, sendo um sistema pouco comum mas que também podemos ver noutros modelos (por exemplo, no BMW i3). É um sistema que permite uma maior amplitude de acesso aos bancos traseiros, mas que tem o inconveniente de obrigar a abrir a porta dianteira para se abrir a secção traseira.

Passando para as características, acabamos por descobrir que esta entrada da Mazda nos eléctricos começa de forma bastante modesta, com uma bateria de apenas 35.5kWh e autonomia anunciada para 210 km (que em uso real deverá ser bastante menos). A Mazda justifica esta decisão como sendo uma forma de reduzir as "emissões totais" durante a vida útil do veículo, e de que o MX-30 se destina a ser usado como segundo veículo para utilização citadina, onde a questão da autonomia não será problema.

Bem... veremos o que os consumidores acham disso, especialmente porque este MX-30 apenas tem chegada prevista ao mercado lá para 2021, altura em que - segundo as promessas de muitos outros fabricantes - não irão faltar automóveis eléctricos "bons e baratos".  Teoricamente, o MX-30 deverá ter um preço que se situará perto dos 35 mil euros.

2 comentários:

  1. 35.000€ e perto de 200kms de autonomia em 2021 ?!
    Não auguro um futuro muito risonho para este modelo...

    ResponderEliminar

[pub]