2019/10/07

Vodafone testa rede OpenRAN para se livrar da Huawei, Ericsson e Nokia


O mercado das telecomunicações há muito que é dominado por três empresas tecnológicas mas a Vodafone está a fazer uma forte aposta na OpenRAN para se "livrar" delas.

Qualquer operador de telecomunicações móveis tem quase forçosamente que recorrer a tecnologia da Huawei, Ericsson e Nokia - e normalmente sendo "obrigado" a recorrer a pelo menos duas, para não ficar exclusivamente dependente de uma única empresa. Isso faz desde logo que a instalação ou ampliação de uma rede móvel tenha um elevado custo. Mas pode haver uma alternativa...

A Vodafone já está a implementar o OpenRAN no terreno, tecnologia desenvolvida em parceria com a Intel ao abrigo do Telecom Infra Project, e que visa criar sistemas mais abertos e económicos para as infraestruturas das comunicações móveis. Depois de testes feitos na África do Sul, a Vodafone já está a usar OpenRAN na Turquia para suportar ligações 2G e 4G, e que também a irá utilizar em mais de uma centena de zonas rurais em Inglaterra; para além de ter planos de também a testar a curto prazo em Moçambique e República Democrática do Congo.

Não tendo os custos associados aos equipamentos dos "três grandes", o OpenRAN permite levar as redes móveis a zonas e territórios onde anteriormente isso não seria economicamente viável. Aproveita também o facto acrescido dos EUA estarem a bloquear a Huawei, o que ajuda a que este sistema desenvolvido por empresas ocidentais também se torne ainda mais atractivo para além do factor custo. Resta agora saber se a tal redução de custos será algo que se irá fazer reflectir no preço dos serviços finais aos clientes... ou se nem por isso.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]