2019/10/01

WiZink cobra taxas abusivas ilegais?


O WiZink está a promover créditos com taxas TAEG de 35%, mais do dobro permitido pelo Banco de Portugal.

Não tenho por hábito prestar atenção às constantes ofertas de dinheiro a crédito que os diversos serviços e bancos nos tentam impingir, mas recentemente recebi um email do WiZink que até a mim me fez "revirar os olhos", ao exibir proeminentemente uma TAEG de 35%. Ora, mesmo não sendo especialista em créditos, uma taxa de 35% parece-me abusivamente alta, e nem sequer o asterisco parecia dissipar as dúvidas de que se tratasse de um engano, já que apenas dizia:
*TAEG 35,0% Exemplo para um limite de crédito de 1.500€, com reembolso no prazo de 12 meses e à Taxa Anual Nominal (TAN) de 26,99%.


Partilhando a situação com mais alguns leitores do AadM, não demorou para que a situação se clarificasse (ou adensasse, dependendo da perspectiva) com a indicação que existem taxas máximas para os créditos aos consumidores definidas pelo Banco de Portugal.


Essas taxas dizem que, para cartões de crédito, a taxa máxima é de 15.7%, o que é menos de metade daquilo que o WiZink tão jovialmente diz estar a praticar.

... O WiZink diz que não há "nada que assuste um WiZinker", mas neste caso, parece-me que há mais que motivos para ficar assustado com isto.


Actualização (04/10/2019): Passados uns dias novo email, com a mesma taxa de juro. A ser um erro, é um erro consistente.


15 comentários:

  1. Sou cliente wizink e estive a ver os meus mails e todos estão com as taxas publicadas pelo Banco de Portugal(os maximos claro...), claramente esse email tem um lapso/erro...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claramente???
      Se calhar é a ver se passa e pega...
      Na dúvida, desconfiar e não assumir logo um "simples" erro.

      Eliminar
    2. Não me parece lapso dado que está escrito em mais do que um local

      Eliminar
    3. É um email de ontem (30 Setembro), e como já foi referido, a taxa aparece em vários locais, e até no "asterisco" referem o mesmo valor.
      A ser um lapso, é um grande lapso - e ilegal.

      Eliminar
    4. Onde ? parece ser "erro" do mailing, não vejo no site em lado nenhum essa taxa...

      Eliminar
    5. Estou a referir-me ao mail. No site nem fui ver.

      Eliminar
  2. Eu também recebi um mail igual a esse, ontem dia 30/09 às 13:30, e o valor lá referido é de 16,1% (porque foi ontem, porque hoje, 4º Trim, já teria que ser 15,7%)

    ResponderEliminar
  3. Variável "taxaJuro" mal preenchida.

    ResponderEliminar
  4. Não seria uma mensagem falsificada? Daquelas para apanhar os dados do utilizador? Ou somente para denegrir a concorrência?
    Que eu saiba nenhum banco assina digitalmente as mensagens, como é que se sabe se a mensagem é mesmo do banco?
    Pelo teste em: https://www.internet.nl/test-mail/ aquilo não está exactamente com a melhor protecção possível, como de resto nenhuma outra instituição bancária de que tenha conhecimento está.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, mas neste caso terá mesmo sido enviada pelo Wizink (sender idêntico ao dos demais emails deles que recebo).

      Eliminar
  5. Novo email recebido hoje, novamente com 35%.

    ResponderEliminar

[pub]