2019/11/28

HP alerta para falha crítica em SSDs empresariais após 32768 horas de funcionamento


Não é o bug do ano 2000 mas tem potencial para ser ainda mais destrutivo. Há bug em diversos modelos de SSDs empresariais da HP que pode inutilizar o SSD e os respectivos dados ao fim de 32768 horas de funcionamento.

A falha afecta cerca de duas dezenas de SSDs SAS da HP e faz com que, passadas 32768 horas de uso, tanto os dados como o próprio SSD sejam "irrecuperáveis", segundo a informação da HP. É por isso de importância crítica que todas as empresas que os utilizem, directamente ou indirectamente (dentro de outros sistemas), efectuem a actualização de firmware quanto antes para corrigirem o problema.

O facto do problema se fazer sentir às 32768 horas de funcionamento (que resulta em cerca de 3 anos e 270 dias) aponta para que seja um problema de um qualquer overflow no registo de informação do tempo de funcionamento. Quem lidar com programação ou números binários conhecerá de memória a sequência de: 2, 4, 8, 16, 32, 64, 128, 256, 512, 1024, 2049, 4096, 8192, 16384 e... 32768 - o equivalente a um número inteiro de 16 bits (com sinal).

É assustador pensar como é que, em pleno século XXI, e ainda para mais num segmento empresarial, ainda se continua a enfrentar este tipo de bugs...

5 comentários:

  1. Carlos, no terceiro parágrafo há uma pequena gralha, pois o número de horas aparece "encurtado" (3268).

    ResponderEliminar
  2. Será que é um erro do firmware da HP ou do fabricante (Intel, Samsung?) sendo possível que este erro ocorra em similares de outros fabricantes?

    ResponderEliminar
  3. Noticia bastante útil, principalmente para quem gosta de medir o tempo em horas.

    Quem preferir outras unidades pode saber que os tais discos supostamente duram

    1365 dias
    195 semanas
    3.7 anos

    ou até

    117 964 800 segundos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "32768 horas de funcionamento (que resulta em cerca de 3 anos e 270 dias)"

      Eliminar

[pub]