2019/12/10

Google melhora ARCore com Depth API


A Google prepara-se para melhorar a interacção em app de realidade aumentada ARCore com informação mais detalhada sobre a informação de profundidade dos objectos no mundo real.

Existem excelentes exemplos de apps de realidade aumentada que exibem elementos digitais sobre o mundo real, mas essa ilusão rapidamente é quebrada assim que um objecto do mundo real se coloca à frente do objecto virtual e vemos o objecto virtual sobreposto em vez de ficar tapado. É algo que a Google se prepara para resolver com a nova Depth API para ARCore, que dá aos developers informações mais precisas sobre os elementos do mundo real que estão no campo de visão da câmara - e que será algo mesmo à medida dos smartphones equipados com sensores ToF (Time of Flight).


O efeito prático é que quando estivermos a ver objectos virtuais, estes passarão a ficar tapados por objectos reais, para um efeito bastante mais realista.


Numa das demonstrações da Google, atirar objectos virtuais para uma cena real mostravam interacções físicas realistas com os objectos existentes, até mesmo no caso de elementos "complicados".

A precisão da informação 3D do mundo real irá seguramente ser altamente dependente do hardware do smartphone (caso usem duas ou mais câmaras, ou se usam um sensor ToF), mas ajudará a promover a tecnologia de realidade aumentada - podendo também ser vista como mais um passo para, no futuro, permitir a criação de óculos de realidade aumentada com elementos virtuais que se integrem e interajam de forma realista com o mundo real.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]