2019/12/11

Huawei P40 com ecrã de 120Hz e bateria de 5500mAh


Continuam a ser reveladas informações sobre o próximo P40 da Huawei, e parece que este modelo vai contar com algumas novidades bem interessantes, incluindo um ecrã de 120Hz e uma nova bateria de 5500mAh.

Segundo informações de um popular "leaker" que terá tido acesso a um P40, este smartphone da Huawei virá com um ecrã OLED de 6.5" a 120Hz, que ocupará 98% da área frontal (usando furo para a câmara frontal - embora, o ideal fosse usar uma câmara "invisível" sob o ecrã), Kirin 990 5G, e adoptando um sistema de cinco câmaras desenvolvido em parceria com a Leica, com: câmara principal de 64MP, 20MP ultra-wide, 12MP telefoto, câmara macro, e ainda câmara 3D ToF 3D.

No entanto, a maior novidade poderá surgir na bateria - componente que tradicionalmente é menosprezado mas que, como todos sabemos, é de importância crítica. A Huawei poderá recorrer a uma nova estrutura de bateria em grafeno, que permitirá aumentar a capacidade para os 5500mAh mas com um volume de apenas 70% face a uma bateria de lítio convencional. Isso, por si só, seria um avanço espectacular neste sector (e seguramente faria com que todos os concorrentes se apressassem a seguir a mesma fórmula).

A acompanhar esta bateria teremos também um novo sistema de carga rápida de 50W, que poderá carregá-la completamente em apenas 45 minutos.

São ingredientes bem apelativos... aos quais fica apenas a faltar o acesso oficial à Play Store e apps da Google.

7 comentários:

  1. Carlos tenho uma dúvida é possível ou não instalar a play store e consequentemente receber depois os updates através da play store? Ou temos que depois andar a sacar e instalar os apks mais recentes?

    É que já li de tudo..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por norma costuma haver forma de meter a Play Store e ficar tudo idêntico aos Android com Google.

      Eliminar
    2. Neste momento não existe uma solução permanente para a loja da Google e claro para as diversas aplicações incluindo WhatsApp etc, embora até se consiga com alguns truques instalar, essa instalação é muito instável, muito longe de ser perfeita com anomalias no Funchal e sempre que existe uma atualização da loja da Google vamos ter de correr atrás de uma solução.

      Eliminar
  2. A grande pergunta é qual a durabilidade real da bateria (Não a autonomia)

    ResponderEliminar
  3. P40? Já? Tenham lá calma que o meu P9 ainda está a funcionar bem. Lol.

    ResponderEliminar
  4. Bateria em grafeno??? Certeza?
    Se for assim então o tempo de carregamento serão ainda mais curtos do que os 40 min...e duração???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é uma bateria em grafeno; é com alguns elementos em grafeno. Mas se cumprir com o que é dito (e não tiver impacto adverso no número de ciclos suportados), vai ser bastante interessante.

      Eliminar

[pub]