2019/12/30

Huawei promove serviços alternativos à Google na Ásia


O impedimento na utilização dos serviços da Google pela Huawei pode vir a ter consequências bem mais penalizadores... para a Google.

Ao não poder lançar novos smartphones com apps e serviços da Google, a Huawei vai ver as vendas decrescerem a pique nos países ocidentais, sendo algo que por agora ainda pôde ser disfarçado em parte pelos bons resultados na China, mas que em 2020 se irá tornar bem evidente à medida que mais e mais modelos começarem a chegar ao mercado sem Google - e os modelos que ainda têm acesso começarem a desaparecer pela sua antiguidade.

Sem surpresas, a Huawei prepara toda uma série de serviços alternativos aos da Google, para coisas tão diversas como as notificações, localização e mapas, publicidade, e tudo o mais que normalmente seria tratado por todos os serviços escondidos sob o manto do Android que conhecemos no ocidente. Mas a parte que se poderá tornar mais preocupante para a Google a médio / longo prazo, é que a Huawei está a angariar aliados na Ásia para se juntarem neste esforço e dispensarem a Google por completo.


É certo que não é fácil enfrentar a Google, que domina o mercado e se tornou numa presença constante nas vidas diárias da maioria dos ocidentais. Mas, as marcas chinesas já estão habituadas a viver sem ela nos modelos que lançam no seu território natal e, com o receio de que aquilo que aconteceu à Huawei poderá acontecer a qualquer outro fabricante, não deverá ser muito difícil para a Huawei encontrar os tais aliados.

No entanto, parece-me que o ideal para criar uma verdadeira alternativa aos serviços da Google seria criar serviços que fossem abertos - em vez de se limitarem a trocar serviços proprietários de um fabricante pelos serviços proprietários de outro. Além de que também será mais difícil esperar que um fabricante como a Xiaomi ou Oppo aceite utilizar serviços de um concorrente... Mas, no mínimo, tudo isto servirá para fomentar a discussão (necessária) sobre a indesejada dependência excessiva em serviços ou apps de uma única empresa.

Sem comentários:

Publicar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]